Zaki e Mulinari visitam obras na Fazenda Experimental Canguiri

04 setembro, 2014
19:42
Por
0
UFPR

Zaki e Mulinari visitam um dos espaços destinados à Suinocultura na Fazenda Experimental. Foto: Ana Assunção.

O reitor e o vice-reitor da UFPR (Universidade Federal do Paraná), Zaki Akel Sobrinho e Rogério Andrade Mulinari, visitaram hoje (dia 4), as obras de reformas, pavimentações e melhorias já concluídas ou em andamento feitas na Fazenda Experimental Canguiri, em Pinhais.

Com 181 alqueires, a fazenda é campo de estudo, ensino e pesquisa de cerca de três mil estudantes dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia, Engenharia Florestal e Engenharia Industrial Madeireira. O local também recebe em média, anualmente, a visita de cerca de mil estudantes dos ensinos fundamental, médio e de instituições de ensino superior interessados em conhecer suas atividades.

Uma das obras vistoriadas foi a pavimentação da Usina do Leite, realizada em área de 10,5 mil metros quadrados (cerca de 1 km de extensão), ao custo aproximado de R$ 1,53 milhão. Outra foi o espalhamento de saibro em 8 km da fazenda, resultado de um investimento de R$ 210 mil, que começou há um mês. Ambos os investimentos facilitaram o acesso de alunos, professores, técnicos e visitantes aos locais.

Bovinocultura e Suinocultura

Os equipamentos para a ordenha mecânica instalados na área de Bovinocultura são de última geração. Foto: Ana Assunção.

Zaki e Mulinari também verificaram as obras no Nita-Núcleo de Inovação Tecnológica em Agricultura (que custaram R$ 125 mil) e as reformas nas áreas de Bovinocultura e Suinocultura. Na Bovinocultura, foram investidos R$ 540 mil em obras como a restruturação física do local, a compra de equipamentos de ordenha mecânicos e a melhoria do espaço destinado aos animais. O gado leiteiro da fazenda (da raça holandesa) produz média de 1,2 mil litros por dia. A produção gera receita mensal de cerca de R$ 20 mil, reinvestida no próprio local, e é fornecida ao Programa Lei das Crianças, desenvolvido pelo Governo do Estado.

Na Suinocultura, as obras continuam. A área está sendo reconstruída, ao custo de R$ 104 mil, com a readequação física dos galpões. Outro investimento importante na fazenda, de R$ 320 mil, foi na compra e instalação de dois novos geradores de energia elétrica.

Benefícios à comunidade

O reitor da UFPR elogiou o trabalho dos profissionais que atuam na Fazenda Canguiri e disse que os resultados positivos obtidos no local são produto do empenho e da competência do grupo, bem como do aprimoramento da estrutura da Universidade implantado pela gestão atual.

“Ainda há muito para se realizar, mas ficamos muito felizes de ver que vocês estão fazendo um excelente uso dos recursos públicos que estão sendo investidos, em benefício dos alunos e da sociedade”, comentou Zaki Akel Sobrinho. “O que investimos aqui é um contraponto ao belo trabalho que vocês estão fazendo. Porém, mais importante do que inaugurar obras é a comunidade poder usá-las e vejo, com alegria, que isto está sendo feito na fazenda”.

Zaki Akel: “O que investimos aqui é um contraponto ao belo trabalho que vocês estão fazendo". Foto: Ana Assunção.

O diretor do Setor de Ciências Agrárias da UFPR, professor Eduardo Teixeira da Silva, fez um agradecimento à Reitoria pelos investimentos e disse que os docentes que atuam na fazenda trabalham motivados – e em tempo integral. “Quem viu a fazenda há cinco anos e a vê agora sente a diferença. O local vive outra realidade. O pessoal está motivado e a fazenda recebeu muitas melhorias, o que nos possibilitará produzir um maior número de teses, dissertações e produções científicas”, comentou.

A diretora do CEAA (Centro de Ensino Aplicado em Ciências Agrárias), professora Alda Lúcia Gomes Monteiro, apresentou as obras já concluídas ou em execução e também algumas conquistas que precisam ser obtidas para melhorar a infraestrutura do local. Entre elas, a compra de uma frota própria de tratores e equipamentos agrícolas, a reconstrução dos apriscos (abrigos para ovelhas), a construção de laboratórios e salas de aula para a Fruticultura e, finalmente, a reforma do telhado da fábrica de ração. “Fazenda é fazendo. O que está sendo feito aqui, com o todo o apoio que recebemos da Reitoria, é importante. Temos várias obras em andamento, mas não podemos parar”, comentou.

 

 

 

 

 

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]