Universidade Aberta da Maturidade inicia as atividades

28 junho, 2012
18:51
Por leonardo
0
Extensão e Cultura

Alunos da primeira turma da Universidade Aberta da Maturidade com membros da direção da UFPR e da UAM - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Os mais novos alunos da UFPR se reuniram nesta quinta-feira (28), no Prédio Histórico na Praça Santos Andrade, para um primeiro dia de aula muito especial: foram recepcionados pelo reitor Zaki Akel Sobrinho, vice-reitor Rogério Mulinari e por coordenadores e professores do projeto de extensão Universidade Aberta da Maturidade (UAM). A grande maioria dos alunos tem cabelos grisalhos ou completamente brancos, muita experiência de vida e empolgação digna de jovens calouros de 17 anos.

Entre os novos colegas de classe estão aposentados a partir de 55 anos com todo o tipo de perfil: muitos já foram alunos, professores e servidores da própria UFPR, alguns tiveram as mais diversas carreiras em outros países ou estados, e outros ainda mostraram muita emoção ao entrar pela primeira vez em uma universidade. Os participantes ficaram sabendo do projeto de extensão através de anúncios no jornal, rádio ou amigos, e a animação foi tanta que até convenceram seus parentes a se inscreverem. O grupo conta com a presença de dois casais e de duas primas, que quiseram passar um tempo de qualidade juntas.

O reitor Zaki Akel fala durante Solenidade de abertura da Universidade Aberta da Maturidade - Foto: Rodrigo Juste Duarte

O interesse em voltar a frequentar uma sala de aula está ligado à vontade de melhorar a qualidade de vida, aprender a utilizar novas ferramentas de comunicação e conhecer outras pessoas. Iara Lemes da Silva, instrumentadora cirúrgica aposentada, conta que não pode estudar em uma universidade antes, mas que ainda quer aprender muitas coisas. “Foi minha filha quem incentivou a me inscrever no projeto. Quero aprender tudo sobre o mundo digital e fazer muitas amizades”, conta.

Entre os assuntos abordados nas aulas, que são nas terças e quintas-feiras das 14 às 17 horas, estão a inclusão digital, saúde, direito do idoso, meio ambiente, arte e cultura. As aulas teóricas devem ser ministradas na Reitoria ou no Prédio Histórico, enquanto algumas aulas práticas ocorrem no Departamento de Educação Física, Nutrição e em outros setores dos diferentes campi da Universidade.

A coordenadora do projeto, professora Maria Emília Daudt Von der Heyde, durante aula inaugural - Foto: Rodrigo Juste Duarte

A coordenadora do projeto, Maria Emília Daudt Von der Heyde, conta que inicialmente o projeto ofereceria apenas 30 vagas, mas que depois de conhecer um pouco da história de cada candidato por meio da entrevista seletiva, ficou difícil deixar de incluí-los nas aulas, e outras vinte vagas foram acrescentadas. “Os participantes são pessoas em uma fase com muita experiência e sabedoria acumulada, vamos trocar muito conhecimento e adaptar a grade curricular de acordo com as necessidades específicas dos idosos”, explica Maria Emília.

O reitor Zaki Akel Sobrinho acredita que a presença de pessoas mais maduras na Universidade seja enriquecedora para a comunidade universitária, que pode contar com as referências e o modelo de dedicação dos alunos da UAM. “A primeira turma da AUM fica para a história da UFPR”, afirma.

Juliana Blume, sob orientação de Ana Paula Moraes

A aluna Iara Lemes da Silva: "Quero aprender tudo sobre o mundo digital e fazer muitas amizades" - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]