logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Universidade Aberta da Maturidade forma terceira turma

18872578575_9b23169ff3_zA terceira turma de integrantes da Universidade Aberta da Maturidade (UAM) participou, nesta terça (16), da cerimônia de formatura do projeto de extensão. A solenidade foi realizada no auditório do Setor de Sociais Aplicadas, no campus Botânico, e reuniu familiares dos 62 “formandos”, além de professores da UAM e dirigentes da UFPR.

O projeto teve sua primeira turma em 2012 e surgiu como uma opção para promover o convívio entre os idosos e combater a exclusão que esse período da vida tende a criar. Para a coordenadora do projeto, Maria Emília von der Heyde, todos os propósitos pensados inicialmente foram alcançados com as turmas participantes. “Certamente essa iniciativa proporciona uma melhora na qualidade de vida dessas pessoas e, consequentemente, de todas envolvidas no projeto”, diz.

18875370081_2d3db92240_z (1)18686428129_f76cf367b1_zNa UAM, os participantes têm contato com diversos assuntos e a ideia é mesmo se atualizar. São feitas atividades com temáticas de direito, saúde, inclusão digital, empreendedorismo, e tudo sempre relacionado ao contexto da terceira idade. Com a ajuda de professores, servidores e alunos de graduação e pós-graduação, são organizados cursos, oficinas, eventos e visitas para os idosos.

Troca de conhecimentos 

Além do conhecimento em si, abrir as portas da Universidade para essas pessoas visa também ao convívio, ao contato e à troca de saberes. “Eu achei muito importante. Fiz novos amigos, novas relações, e essa socialização vale muito a pena”, declara Irene Camilo, uma das “formandas” da UAM. Irene é formada em Turismo na UFPR, já trabalhou na universidade e, quando ficou sabendo da oportunidade de voltar, não pensou duas vezes. “Espero que esse projeto continue por bastante tempo, acho que seu objetivo foi concluído comigo e com meus colegas”, diz.

Esse grande objetivo, para a vice-coordenadora da UAM, Adélia Junglos, é justamente a melhora na qualidade de vida de quem participa. “Nós temos dados de que a população idosa aumenta cada vez mais e por isso acreditamos nessas atividades. É o poder de torná-los cidadãos novamente”, explica.

Confira galeria completa de imagens da cerimônia.

Texto por Kaleb Ferreira

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...