logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR tem 201 pedidos de depósitos de patentes

Laboratório do Departamento de Farmácia

A UFPR acaba de ultrapassar a marca dos 200 pedidos de depósitos de patentes. No fim de agosto foi encaminhado ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) o pedido de número 201. Só em 2012, foram 48 depósitos protocolados até agora, dez a mais do que em todo o ano de 2011. Este aumento, de acordo com o diretor da Agência de Inovação UFPR, Emerson Carneiro Camargo, é resultado do esforço dos pesquisadores em produzir novas tecnologias.

O coordenador de Propriedade Intelectual Alexandre Moraes afirma que o aumento dos pedidos de patentes abre novas oportunidades de parcerias com a iniciativa privada. “A Universidade se torna referência para transferir tecnologia e também abre a perspectiva para obter novos recursos.”

Até 2010 foram enviados 115 pedidos; em 2011 os pedidos cresceram para 153 e agora chegam a 201 depósitos. O papel da Agência de Inovação UFPR  foi fundamental na aproximação dos pesquisadores, destacou o coordenador de Propriedade Intelectual.

NOVOS MEDICAMENTOS ─ Dois grupos da Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas têm contribuído muito para este aumento. São os pesquisadores das áreas de Produtos Naturais e Farmacotécnica. Só em 2012 foram pelo menos 15 depósitos de patentes enviados ao Inpi. Estão preparando a documentação de outros três e até o final do ano mais quatro pedidos poderão ser encaminhados, segundo a pesquisadora Mariliz Dallarmi Miguel. Os grupos estudam os efeitos contra micróbios e fungos, com a finalidade de obter novos medicamentos.

pt_BRPortuguese