UFPR participa de campeonato nacional de veículos off road projetados por estudantes

02 abril, 2016
01:12
Por Henrique Rosso
0
Ciência e Tecnologia
IMG-20160401-WA0009

Equipe em São José dos Campos cuida dos últimos preparativos para avaliações. FOTO: Samira Chami Neves

Alunos de Engenharia Mecânica e Elétrica da UFPR estão em São José dos Campos (SP) para representar a Universidade na 22ª Competição Baja SAE BRASIL-PETROBRAS. A equipe foi a vencedora da etapa sul no ano passado, o que garantiu a participação nesta fase nacional, com alta expectativa de boas colocações.

As disputas Baja SAE são promovidas pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade, uma organização mundial que põe em prática o treinamento de sala de aula, desafiando os alunos a projetarem, criarem e testarem o desempenho de um veículo off road real, apto a um ambiente competitivo. Além de avaliações estáticas e outras provas dinâmicas para análise total do desempenho técnico, administrativo e econômico do projeto, há um desafio final: o Enduro de Resistência.

Etapa nacional do 22º Campeonato nacional está acontecendo em São José do Rio Preto. FOTO: Samira Chami Neves

Etapa nacional do 22º Campeonato nacional está acontecendo em São José do Rio Preto. FOTO: Samira Chami Neves

As competições SAE contam com mais de 4500 alunos de 500 universidades, de seis continentes. Nesta fase nacional, estão inscritas 74 equipes, de 19 estados e Distrito Federal, que representam 68 instituições de ensino. A prova está sendo realizada no interior de São Paulo desde quinta-feira (31), e segue até domingo (03), quando ocorre a corrida final.

As três instituições de ensino que alcançarem a melhor pontuação na soma geral das provas poderão representar o país na Baja SAE Tennessee Tech, de 14 a 17 de abril de 2017, em Cookeville, Tennessee (EUA).

TORCIDA

Quando venceram a etapa sul da competição, a equipe da UFPR deveria ter ganhado como premiação um motor novo para o veículo desenvolvido. Entretanto, por questões financeiras da Organização do campeonato, o benefício não foi possível.

FOTO: Equipe UFPR Baja SAE

FOTO: Equipe UFPR Baja SAE

Sem desmerecer a conquista, alunos e o professor coordenador do projeto, Jorge Erthal, voltaram ao Paraná e foram mostrar à Reitoria, com orgulho, o troféu de primeiro lugar. Ao tomar ciência da dimensão da iniciativa, grandeza do retorno acadêmico e as dificuldades enfrentadas, o reitor Zaki Akel Sobrinho, durante encontro com a equipe, fez questão de viabilizar o novo motor aos estudantes.

“Agradecemos imensamente ao reitor por acreditar em nossa equipe e depositar esse voto de confiança em todos os alunos que participam desse projeto. O novo motor, equipado com snorkel, irá melhorar significativamente o desempenho dinâmico do protótipo Mohave e deixá-lo cada vez mais competitivo”, afirmou a equipe no site oficial do projeto.

Na torcida, a UFPR também está presente nas provas de São José dos Campos por meio de uma fotojornalista oficial da Universidade, acompanhando a equipe e registrando os principais momentos. O material produzido, assim como detalhes da vivência e dos ganhos acadêmicos para os estudantes, estarão disponíveis na próxima edição da revista Notícias UFPR, a ser divulgada no início do segundo semestre letivo de 2016.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]