UFPR oferta novo curso de graduação em Produção Cultural

05 novembro, 2021
18:42
Por
0
Ensino e Educação

A partir deste ano, o Setor de Artes, Comunicação e Design (Sacod) da UFPR oferta a graduação em Produção Cultural. A novidade é resultado de uma profunda reformulação do antigo curso superior de Tecnologia em Produção Cênica (TPC), do Setor de Educação Profissional e Tecnológica (SEPT) e é uma busca para formar egressos com domínio em linguagens artísticas, práticas culturais e estéticas humanistas. O curso já é ofertado no Vestibular 2021/2022.

Produção Cultural tem duração de 4 anos e são ofertadas 20 vagas com aulas no período da manhã. As disciplinas permitem formação relativa à cultura na conjuntura contemporânea, apropriações culturais, políticas culturais e legislação. A matriz curricular articula teoria e prática e oferta atividades complementares obrigatórias e flexíveis para cada ramo da profissão.

Segundo o professor e coordenador, Ary Fábio Giordani Daniel, o curso contribui com questões culturais locais e regionais. “O projeto pedagógico tem um direcionamento voltado para extensão – relacionado a  gestão de espaços culturais, arquivo e patrimônio. Essas disciplinas estão na sua essência e  síntese para que de fato haja uma interação direta com a comunidade e que possa ampliar o escopo do produtor cultural”, conta.

Nesse vestibular já é possível fazer a inscrição para o novo curso da universidade. Para saber mais acesse aqui.

Por Felipe Reis
Sob supervisão de Aline Nunes

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]