logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR confirma compromisso com a sociedade no lançamento do documentário “Saúde em Trânsito”

Traad: “Precisamos de um grande projeto nacional para reverter esta tragédia, que mata 180 pessoas por dia no Brasil”,. Imagem: Samira Chami Neves.
Traad: “Precisamos de um grande projeto nacional para reverter esta tragédia, que mata 180 pessoas por dia no Brasil”,. Imagem: Samira Chami Neves.

A UFPR desenvolveu hoje uma importante ação que comprova seu compromisso com a sociedade: o lançamento do documentário “Saúde em Trânsito”. Produzido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, o vídeo objetiva despertar a atenção da sociedade para um dos maiores problemas urbanos brasileiros – as mortes no trânsito, que causam cerca de 50 mil vítimas, todos os anos.
Roteirizado e dirigido pelo pesquisador Eduardo Thielen, o vídeo foi produzido em Curitiba e no Rio de Janeiro, tem duração de 26 minutos e está disponível no Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=ITfjQifeGq4). O DVD também pode ser adquirido junto à Fiocruz, que disponibilizou todas as informações aos interessados em conhecer e divulgar o documentário no seu portal: http://portal.fiocruz.br/pt-br/content/video-saude-no-transito
Lançado como parte das ações da Semana Nacional do Trânsito 2016, o vídeo contém depoimentos de vítimas do trânsito, autoridades, pesquisadores e cidadãos que se preocupam com o problema e, ainda, orientações para evitar que os acidentes continuem ocorrendo. O antropólogo brasileiro Roberto da Matta também comenta as razões dos conflitos ocorridos no trânsito.
UFPR tem papel decisivo
“O trânsito mata mais que a AIDS e o câncer. E mata gente saudável”, lamenta a psicóloga e professora-doutora da UFPR Iara Picchioni Thielen, coordenadora do Projeto de Extensão “Trânsito em Vídeo”, que teve participação decisiva na produção, como assessora de conteúdo do projeto. “Nós participamos fornecendo resultados de pesquisas e informações à Fiocruz e, ainda, demos orientações sobre os entrevistados no documentário”, explica. O estatístico da UFPR Paulo Bracarense Costa também dá um importante depoimento no vídeo.
O reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, destacou o compromisso da Universidade com a sociedade por meio dos vários professores e pesquisadores que participaram do projeto. “Ao mesmo tempo, fico feliz de ver que o projeto conseguiu o alinhamento de forças entre as estruturas de trânsito e da saúde do Governo do Estado e da Prefeitura de Curitiba, o que não acontece em outros lugares”, disse. “Fico orgulhoso de saber que a UFPR está ajudando a ser um instrumento de transformação da sociedade”.
Epidemia
O diretor do Departamento de Trânsito (Detran), Marcos Traad, disse que sua equipe tem feito um grande esforço para reduzir a estatísticas de acidentes e lamentou a ausência de mais investimentos públicos federais na divulgação de campanhas educativas para conscientizar a população sobre o tema. “Precisamos de um grande projeto nacional para reverter esta tragédia, que mata 180 pessoas por dia no Brasil”, disse.
O diretor do vídeo, Eduardo Thielen, espera que o documentário tenha grande divulgação para conscientizar as pessoas a respeito do problema. A coordenadora do Projeto Vida no Trânsito e Secretária Municipal de Trânsito, Luiza Simonelli, disse que o problema é mais grave do que se imagina. “Não podemos falar em acidentes, mas em epidemia”, disse Luiza, que destacou ainda o papel da UFPR no projeto em benefício da sociedade.
Participaram ainda do lançamento do vídeo a pró-reitora de Extensão e Cultura da UFPR, Deise Cristina de Lima Picanço; a representante do secretário estadual da Saúde, Michele Caputo, Tania Mascarenhas, que também é coordenadora da Comissão Estadual Intersetorial de Prevenção de Acidentes e Segurança no Trânsito; e Carmen Ribeiro, representante do secretário de Saúde de Curitiba, César Titton.

Aurélio Munhoz

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...