logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR apresenta projeto inédito para avaliação de 170 pontes do Paraná e Santa Catarina

Novo método para avaliação de pontes do PR e SC.Foto: Reprodução

Métodos inéditos de avaliação de pontes localizadas em rodoviais federais não concessionadas no Paraná e Santa Catarina são apresentados no projeto piloto desenvolvido pelo Setor de Tecnologia da UFPR. Através deles será possível fazer o ranqueamento de aproximadamente 170 pontes e, a partir daí, fornecer sugestões de reestruturação da vida útil desses elementos de ligação entre cidades, povos e culturas.

A informação é do professor Mauro Lacerda, que coordena o projeto desenvolvido em parceria com o Escritório Modelo de Engenharia Civil da UFPR e DNIT. Durante a apresentação que fez dos novos métodos, no seminário técnico realizado no Simepar/Centro Politécnico da Universidade, ressaltou que a proposta é eficaz para que um país como o Brasil, que possui mais de seis mil pontes, consiga gerenciar e fiscalizar periodicamente essas obras.

Multiplicadores

Prof. Mauro Lacerda apresenta projeto ao DNIT.Foto: ITTI

Entre as possibilidades ofertadas pelo projeto, explica o professor Lacerda, estão o planejamento das metas, estudo de orçamento e os procedimentos recomendados. Também estão programadas atividades de formação de multiplicadores, educando e treinando os estudantes para aplicar esta metodologia em pontes de área urbana”, destaca ele. Esta experiência propiciará a geração de cerca de 30 estágios para estudantes de engenharia civil da graduação e pós-graduação, além da possibilidade da temática ser adotada como trabalho de conclusão de cursos e publicações de periódicos.

O analista de infraestrutura de transportes do DNIT, Renato Gomes dos Santos, destacou como positiva a possibilidade de, com o uso dessa metodologia, que a avaliação seja feita por pessoas que não sejam do setor de infraestrutura de transportes, pois no projeto também está previsto o manual auxiliar que padroniza as questões a serem avaliadas”.

Rodovias Federais

O docente Lacerda acredita que o sucesso na aplicação da metodologia no Paraná e Santa Catarina poderá levar o DNIT a estender a avaliação a outras pontes de rodovias federais do Brasil. O seminário técnico denominado “Desenvolvimento e Aplicação de Metodologias de Avaliação Objetiva das Condições Funcionais e Estruturais das Obras de Artes Especiais” foi realizado na semana passada e reuniu além de docentes da UFPR e profissionais do DNIT, estudantes do Setor de Tecnologia.

Por Celsina Favorito, com informações do ITTI

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...