logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR aplica inseticida e larvicida em prédios, em nova ação de combate ao mosquito Aedes

A UFPR desenvolveu, hoje, mais uma importante ação de combate ao mosquito do gênero Aedes em todas as suas unidades. Uma empresa especializada no controle de pragas – contratada pela Universidade – aplicou larvicida e inseticida (conhecido como “fumacê”) em todos os possíveis focos de proliferação do mosquito nos prédios e no terreno onde está localizado o futuro campus Rebouças, em Curitiba.

Ainda nesta quarta-feira, técnicos de outra empresa contratada pela UFPR estiveram no campus Litoral, acompanhada de uma equipe da Divisão Gestão Ambiental (DGA) da Superintendência de Infraestrutura. O grupo vistoriou uma piscina, que não continha focos do Aedes. O mesmo trabalho será feito em todas as unidades da UFPR tanto em Curitiba quanto no Interior do Estado.

O inseticida foi aplicado em todos os locais internos onde o Aedes poderia aparecer. Imagem: Samira Chami Neves.
O inseticida contra o Aedes foi aplicado em todos os locais internos onde o mosquito poderia aparecer. Imagem: Samira Chami Neves.
Os técnicos aplicaram o larvicida em todas as poças de água acumulada no prédio. Imagem: Samira Chami Neves.
Os técnicos aplicaram o larvicida que evita a reprodução do mosquito em todas as poças de água acumulada nos prédios. Imagem: Samira Chami Neves.

Trabalho permanente

A equipe que esteve nos prédios do campus Rebouças vai apresentar um detalhado laudo técnico orientando a Universidade quanto às formas adequadas para evitar a proliferação do inseto em todas as unidades da UFPR. “O trabalho de combate ao mosquito na UFPR será permanente”, explicou o químico Eduardo Wronscki Ricardo, da DGA, que acompanhou a operação.

Além de desenvolver pesquisas relacionadas ao tema, a UFPR iniciou um conjunto de ações para conscientizar a comunidade acadêmica e acabar com os focos do mosquito em todos os seus campi. Estas ações incluem uma campanha educativa, a criação de um canal de informações no Whatsapp (41-8417-4851) e o envio de mails para monitoramento dos espaços que eventualmente apresentem focos do mosquito e para posterior erradicação dos criadouros. Envolvem, ainda, a capacitação e organização de grupos de facilitadores que trabalharão ativamente no combate ao mosquito.

Pacto da Educação

A UFPR integra o Pacto da Educação Brasileira contra o Zika, firmado entre o Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), entidades estudantis, universidades, instituições de educação profissional e escolas públicas e privadas. O documento foi assinado, ainda, pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A Reitoria da UFPR está totalmente engajada no processo. Em 13 de fevereiro, o reitor Zaki Akel Sobrinho esteve em Guarapuava para acompanhar – a convite da Secretaria Nacional de Articulação Social, ligada à Presidência da República – o mutirão de conscientização para erradicação de focos do mosquito, feito em parceria com as Forças Armadas. Desde então, a UFPR está desenvolvendo ações nos campi da UFPR e no seu entorno imediato, conforme recomendações do Ministério da Saúde.

Aurélio Munhoz e Jéssica Maes

As áreas externas dos prédios também receberam a aplicação do inseticida. Imagem: Samira Chami Neves.
As áreas externas dos prédios do campus Rebouças da UFPR também receberam a aplicação do inseticida. Imagem: Samira Chami Neves.
O terreno que abriga os prédios foi vistoriado e todos os possíveis focos de aparecimento do mosquito receberam o inseticida e o larvicida. Imagem: Samira Chami Neves.
O terreno que abriga os prédios foi vistoriado e todos os possíveis focos de aparecimento do mosquito receberam o inseticida e o larvicida. Imagem: Samira Chami Neves.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...