logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Trabalhos da UFPR são reconhecidos no Prêmio CAPES de Teses 2016

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC) divulgou, no último dia 10, o resultado do Prêmio Capes de Tese 2016. As teses da UFPR premiadas, defendidas em 2015, são dos programas de pós-graduação em Letras (PPGL) e em Educação (PPGE).

Os trabalhos foram os únicos reconhecidos em suas categorias. Sob orientação da professora Patrícia Cardoso, coordenadora do PPGL, Fabrício Vaz Nunes defendeu a tese “Texto e Imagem: a ilustração literária de Poty Lazzarotto”, na área de Linguística. Na área de Educação, Juarez José Tuchinski dos Anjos defendeu a tese “Pais e filhos na província do Paraná: uma história da educação de criança pela família”, com orientação da Gizele de Souza.

Os dois programas de pós-graduação possuem avaliação 5 na Capes e ofertam cursos de mestrado e doutorado. Para Cardoso, este tipo de premio inspira e estimula outros cursos de pós-graduação a buscar a excelência. “O prêmio instiga professores e alunos na busca por conhecimento e produção acadêmica, melhorando os cursos da universidade”.

Reconhecimento

A premiação tem uma importância imensa para a UFPR. “Em termos acadêmicos, é a maior premiação para qualquer universidade, pois é um prêmio bem específico. Traz reconhecimento por um trabalho feito com excelência dentro do programa e visibilidade para a universidade no Brasil e no exterior, aumentando o número de interessados em cursar uma pós-graduação na instituição”, explica a professora do PPGL.

Para Maria Rita de Assis César, coordenadora do PPGE, receber este prêmio é fundamental para o reconhecimento da pós-graduação em Educação, que existe desde 1974 e é uma das mais antigas da UFPR. “Esta é a primeira premiação para um curso já antigo da universidade e reflete a qualidade do nosso programa. Nós estamos buscando a avaliação 6 na Capes e este prêmio reflete a nossa qualidade, nos incentiva a melhorar e estimula a produção acadêmica”.

Prêmio Capes de Teses

Criado em 2005, o Prêmio Capes de Tese é outorgado anualmente em reconhecimento às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação adimplentes e reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação em 48 áreas do conhecimento. Além da premiação principal, duas teses em cada área serão reconhecidas com Menção Honrosa e serão concedidos prêmios especiais para áreas pré-determinadas. A cerimônia de entrega dos prêmios acontecerá na sede da Capes em Brasília, em 14 de dezembro de 2016.

Por Karin Silva (sob orientação de Jéssica Maes)

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...