logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Teletrabalho: tem início o período de ambientação na UFPR

Fachada do prédio histórico da UFPR (foto Marcos Solivan)

A Universidade Federal do Paraná iniciou o período de ambientação com a implementação do teletrabalho no âmbito da instituição para as primeiras unidades autorizadas. A implantação se deu com a publicação da Resolução 16/22 – COPLAD, publicada em 20/05/22 que regulamentou o Programa de Gestão da UFPR. Com a finalidade de consolidar o procedimento foi designada a Comissão de Implantação e Supervisão do Programa de Gestão no âmbito da UFPR, na modalidade de teletrabalho que, desde então, vem desenvolvendo várias atividades, com o apoio da AGTIC e PROGEPE. Dentre as quais é possível destacar: realização da modelagem da adesão ao programa de gestão (teletrabalho), elaboração de fluxos, criação do processo e formulários decorrentes, elaboração de material de apoio, manuais e FAQ, planejamento e execução de capacitação sobre o tema e criação de sítio eletrônico específico para o teletrabalho.

Um dos marcos importantes da implantação foi a publicação da Portaria nº 1241/REITORIA/2022 de 17/10/22, que autorizou o início do planejamento das unidades que puderam ingressar no período de ambientação. As atividades autorizadas são as de controle e execução orçamentária desenvolvidas por servidores lotados nas Unidades de Controle e Execução Orçamentária – UCEOs e, ainda, as atividades de desenvolvimento de software e suporte ao desenvolvimento de software da Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação – AGTIC/PRA e da Coordenação de Sistemas de Informação para a Gestão Acadêmica – COSIS/PROGRAD. Essas atividades foram definidas por estarem presentes de forma transversal, alcançando vários setores da universidade.

A Comissão de Implantação e Supervisão do Programa de Gestão já tem recebido os processos de solicitação de adesão ao teletrabalho que atendem a autorização disposta na Portaria citada. Alguns processos já foram aprovados e outros se encontram na fase de análise e adequação às normativas.

Segundo o presidente da Comissão, Douglas Ortiz Hamermuller, é fundamental que esta fase de ambientação consolide o processo de Teletrabalho de forma plena e organizada. Conforme as primeiras áreas tenham resultados positivos será possível inserir outras atividades no sistema de Teletrabalho, sempre através de portarias do reitor.

“Sabemos que existe uma grande ansiedade da comunidade universitária sobre este tema, mas é preciso paciência para que os processos sejam criados, consolidados e assim tragam uma nova cultura de gestão para a instituição”, diz o presidente da Comissão.”

A Comissão sugere que as áreas que tenham expectativa de aderir ao teletrabalho, mas ainda não tenham sido autorizadas, realizem o mapeamento de seus processos de trabalho, o que é fundamental para dar início à solicitação. O mapeamento do processo deve seguir o modelo já consolidado pela Coordenadoria de Governança de Riscos – CGR da Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças – PROPLAN. Importante ressaltar que somente as atividades que estiverem autorizadas por Portaria do Reitor é que terão seus processos analisados.

Para maior transparência dos trabalhos, bem como acesso às informações referentes ao teletrabalho, a Comissão já disponibilizou a toda a comunidade interessada o sítio eletrônico contendo várias informações: legislação e normas, perguntas frequentes, material de apoio, modelagem da adesão ao programa de gestão – teletrabalho (período de ambientação), o qual pode ser acessado por meio do endereço teletrabalho.ufpr.br.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...