logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Setor Saúde inaugura laboratório, centro de atendimento e nova unidade administrativa

26872940561_f5da8693c0_z
Autoridades se reuniram na inauguração. Imagem: Samira Chami Neves/ACS

Na manhã da última terça-feira, dia 10, foi realizada a solenidade de inauguração da Sede da Direção do Setor, da Coordenação do Curso de Medicina e do Comitê de Ética em Pesquisas em Seres Humanos; da Unidade Escola de Promoção da Saúde; e do Laboratório e Habilidades e Simulação da UFPR. A cerimônia foi realizada no Auditório do Setor de Ciências da Saúde e contou com a presença de pró-reitores, coordenadores, estudantes, servidores técnico-administrativos e docentes.

A mesa diretiva do evento foi composta pelo reitor e o o vice-reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho e Rogério Andrade Mulinari, respectivamente; a diretora e o vice-diretor do Setor de Ciências da Saúde, Claudete Reggiani e Nelson Luis Barbosa Rebellato; o superintendente de Infraestrutura, Álvaro Pereira; o diretor da Divisão Médica do Complexo Hospital de Clínicas (representando a Direção Geral), Edison Matos Novak; e Eduardo Novak, gerente de Ensino e Pesquisa do CHC.

Simulações na Medicina

Na ocasião, a professora Crislaine Serpe, coordenadora do Laboratório e Habilidades e Simulação da UFPR, que está em operação desde o segundo semestre de 2015, apresentou as vantagens e novidades trazidas pelo espaço. “A simulação une a teoria e a prática”, explicou a médica. “O aluno se sente mais seguro e confortável com a técnica e com o trabalho em uma equipe multidisciplinar”.

Laboratório de Habilidades e Simulações já funciona em fase beta. Imagem: Samira Chami Neves
Laboratório de Habilidades e Simulação já funciona em fase beta. Imagem: Samira Chami Neves

Com os equipamentos, é possível executar a prática repetitiva e alterar o nível de dificuldade dos treinamentos – um ensino controlado e individualizado que não pode existir no atendimento direto às pessoas. Com a orientação de professores e monitores, os estudantes podem usar essa estrutura para estudar áreas como anatomia, otorrinolaringologia, oftalmologia, ginecologia e obstetrícia, pediatria, exame físico e trauma. Para Serpe, o espaço de que o laboratório dispõe é importante especialmente porque disponibiliza estrutura de vídeo para que os graduandos assistam os procedimentos que executaram e analisem, junto do grupo, seus os erros e acertos, gerando uma reflexão sobre a prática.

Homenagens

Antes dos discursos das autoridades, trabalhadores envolvidos na estruturação dos espaços inaugurados receberam placas de reconhecimento pelo trabalho executado.

O vice-diretor do Setor Saúde citou o papel dos técnicos-administrativos e docentes no funcionamento e ampliação da unidade, acrescentando que os estudantes motivam os servidores a atender os anseios do corpo discente, melhorando sempre e se atendo ao que é exigido deles no mercado de trabalho. Rebellato elogiou, ainda, a chefia da professora Claudete e sua atuação na busca de recursos, participação em conselhos e busca de novas parcerias”.

A chefe de setor destacou que a atenção é sempre no sentido de formar estudantes de acordo com a necessidades da sociedade, buscando ao máximo atender as diretrizes nacionais na área. “Hoje a formação em Saúde foca muito na promoção da saúde, em manter as pessoas saudáveis”, explicou, apontando as vantagens da criação da Unidade Escola de Promoção da Saúde. O novo centro dará atenção aos servidores e pretende atender também os atletas e atléticas da UFPR, além dos estudantes do Colégio Estadual do Paraná, vizinho do CHC.

Descerramento da placa da Unidade  Escola de Promoção à Saúde. Imagem: Samira Chami Neves
Descerramento da placa da Unidade Escola de Promoção à Saúde. Imagem: Samira Chami Neves

“Esse é um momento de sucesso construído a muitas mãos”, afirmou o vice-reitor, indo de encontro à opinião do superintendente de Infraestrutura, que destacou a união com o Setor como fator determinante para a realização de obras de alta qualidade. “Estudantes e cidadãos são os maiores beneficiados pelos espaços que inauguramos hoje. Esses prédios são instrumentos de humanização da prática de saúde”, ressaltou Mulinari.

Já o reitor, atentou para a expansão da UFPR nos últimos anos, explicando que novas instalações vêm para acompanhar esse crescimento, não apenas em Curitiba, como no restante do estado. Além da interiorização, com a ampliação do campus Palotina e Pontal do Paraná e a fundação dos campi de Toledo e Jandaia do Sul, também cresceu em 60%, quando comparado com 2009, o número de cursos de pós-graduação – hoje são 135. Houve, ainda, o fortalecimento do processo de internacionalização da UFPR por meio de ações como a mobilidade acadêmica e cursos que passaram a ser ministrados em inglês.

Com isso, cada vez mais pessoas podem fazer parte da comunidade acadêmica. “Temos uma Universidade plural, com espaço para todos, inclusive para aqueles que têm uma opinião contrária à nossa”, concluiu Akel Sobrinho.

Mais imagens estão disponíveis no álbum do evento no nosso Flickr, clicando aqui.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...