logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Reitoria confirma compromisso e garante empregos dos trabalhadores Funpar-HC por oito anos, até suas aposentadorias

Os trabalhadores Funpar-HC parabenizaram a Reitoria e o Ministério Público do Trabalho pelo acordo. Foto: Ana Assunção/ACS da UFPR.

O reitor da UFPR (Universidade Federal do Paraná), Zaki Akel Sobrinho, cumpriu hoje um dos mais importantes compromissos assumidos desde o início da sua gestão, em 2008: a garantia de emprego aos 916 trabalhadores da Funpar lotados no Hospital de Clínicas do Paraná por oito anos, quando todos estarão aposentados.

Isto foi possível de duas formas. Primeiro, por meio da assinatura de acordo judicial com o procurador Ricardo Bruel da Silveira, do Ministério Público do Trabalho, que garante o emprego dos servidores por cinco anos, quando 60% estarão aposentados. Este acordo extingue ação civil que tramitava na Justiça do Trabalho e determinava a demissão dos trabalhadores. Além disso, cláusula estabelecida no Acordo Coletivo de Trabalho firmado entre a Funpar e os trabalhadores – a pedido da Reitoria – garantirá mais três anos de emprego ao grupo, quando os demais 40% terão tempo de serviço suficiente para se aposentar.

Zaki Akel disse que a conquista significa um grande avanço não apenas para os trabalhadores Funpar, mas também para o Hospital de Clínicas e para a comunidade. “Na nossa gestão, nós garantimos quatorze anos de estabilidade aos trabalhadores da Funpar – seis no nosso mandato e mais oito hoje”, comentou. “Foi uma promessa que assumimos no início do nosso mandato e que estamos cumprindo agora, mostrando que honramos nossa palavra e valorizamos nossos servidores. Foi uma vitória do diálogo, que possibilitará aos nossos colaboradores trabalhar melhor e com mais tranquilidade, sem a espada que ameaçava os empregos de todos”.

O reitor também elogiou Ricardo Bruel. “O procurador revelou uma sensibilidade ímpar com os trabalhadores e com o HC”, disse. E lembrou que a conquista só foi obtida por meio de muito esforço e da superação de alguns percalços. “Esta promessa foi cumprida com muito suor, sempre na defesa dos interesses dos trabalhadores, da UFPR, do HC e da Maternidade Victor Ferreira do Amaral, que continuarão a prestar um serviço de qualidade à população”.

Impasse resolvido

Zaki Akel Sobrinho e Ricardo Bruel, na assinatura do acordo: fim do impasse beneficia HC, Maternidade Victor Ferreira do Amaral e a comunidade. Foto: Ana Assunção/ACS da UFPR.

A Reitoria havia reiterado o compromisso de manter os servidores nos seus empregos pelo menos outras três vezes: nas duas sessões do Conselho Universitário que aprovaram a cogestão com a Ebserh, em 28 de agosto e 8 de outubro, bem como na reunião do Conselho de Planejamento e Administração que chancelou o contrato com a empresa, no último dia 29. O contrato entre a UFPR e a Ebserh foi assinado em Brasília, em 30 de outubro.

Além de confirmar este compromisso, o acordo também encerra as acusações infundadas de que o contrato de cogestão do HC e da Maternidade com a Ebserh (empresa pública criada pelo Governo Federal para gerir os cinquenta hospitais universitários brasileiros) significaria a demissão dos trabalhadores.

O procurador Ricardo Bruel da Silveira explicou que o acordo não soluciona todos os problemas do HC, mas resolve um impasse antigo. “O acordo garantirá tanto aos trabalhadores quanto à direção do hospital tranquilidade para que continuem a desempenhar suas funções com responsabilidade e espírito público”, comentou.

O vice-reitor da UFPR, Rogério Mulinari, disse que a conquista foi resultado de muitos anos de esforço da Reitoria, do Ministério Público, da diretoria do HC, da Funpar e do Conselho Universitário. “Foi uma luta difícil, que resultou do esforço de muitos, mas é na adversidade que crescemos”, ponderou Mulinari.

Servidores elogiam acordo

A assinatura do acordo foi testemunhada por um grupo de servidores Funpar-HC, que elogiaram a Reitoria e o Ministério Público do Trabalho. “Nós vivemos um momento único hoje, graças ao esforço do reitor Zaki Akel e do procurador Ricardo Bruel. O acordo nos dá tranquilidade para continuar trabalhando no HC sem o risco de sermos demitidos. Mas que fique claro que não foi o Sinditest que garantiu este acordo. Foi a corrente do bem que fizemos. E fizemos sem pensar apenas nos nossos empregos”, comentou, emocionada, Rosemari Nunes Ferreira, assessora da Diretoria-Geral do HC e funcionária do hospital há 26 anos. Outra servidora que elogiou o acordo foi Rosemary de Oliveira. “O acordo tirou a espada que tínhamos sobre nossas cabeças. Todo ano, tínhamos receio de sermos demitidos. O acordo acaba com isto”, comentou.

Concurso em 2015

O acordo foi assinado no gabinete do reitor Zaki Akel Sobrinho, em Curitiba. Foto: Ana Assunção/ACS da UFPR.

O diretor-geral do HC, Flávio Tomasich, também elogiou o acordo. “Todos se uniram para resolver o problema. Mas não foi fácil pedir para os trabalhadores manterem o ânimo com a espada que pairava sobre suas cabeças. Espero, agora, que o acordo possa resolver de vez todos os problemas do HC”, disse.

O procurador jurídico da Funpar, Luiz Abagge, afirmou que a Reitoria e o Ministério Público do Trabalho sempre procuraram ajudar os servidores. “O reitor Zaki Akel Sobrinho foi o capitão desta conquista. Sua liderança no processo foi essencial para o sucesso do acordo. E o procurador Ricardo Bruel sempre se dispôs a resolver o problema dos servidores. Ele compreendeu a grandiosidade do HC e deu sua contribuição para que todo o processo de adesão à Ebserh fosse possível, em benefício de todos”, comentou.

A UFPR realizará concurso público para a contratação de 2063 novos colaboradores do Hospital de Clínicas e da Maternidade Victor Ferreira do Amaral até abril de 2015. Para que recebam treinamento adequado, os aprovados no concurso serão chamados em grupos de cem por mês, a partir de julho. Todo o processo deve ser concluído em dois anos.

 

Por Aurélio Munhoz

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...