logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Reitor prestigia Festival das Interações Culturais e Humanísticas do Setor Litoral

A edição deste semestre do Festival das Interações Culturais e Humanísticas (FICH) reuniu 24 grupos que desenvolveram coletivamente suas atividades. O evento foi prestigiado pelo reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, e pelo diretor de apoio aos campi avançados, Helton José Alves.

“A vitalidade e a energia dessa proposta pedagógica são diferenciadas. Ela tem que ser cuidada e adubada, pois é motivo de alegria e satisfação peculiares. Parabéns pelas atividades de vocês”, disse o reitor, destacando que a proposta pedagógica do Setor enriquece a UFPR como um todo. “É uma proposta em que devemos investir e valorizar”, finalizou o reitor.

O reitor recebeu dos integrantes da atividade InclusICH, que tratou da inclusão de pessoas com deficiência. Foto: Divulgação Litoral UFPR

Helton Alves destacou a diversidade da UFPR e as características marcantes do Setor Litoral. Segundo ele, eventos como o Fich são exemplos de trans e interdisciplinaridade. “Foi muito bom perceber de perto o potencial do Setor Litoral, ver que suas potencialidades realmente se concretizam”, afirmou o diretor.

Após falar com os participantes, o reitor recebeu dos integrantes da atividade InclusICH, que tratou da inclusão de pessoas com deficiência, o documento produzido durante o semestre, que aponta as necessidades de adaptação do campus para que ele se torne acessível a todos. Fonseca foi convidado a circular pelo campus em uma cadeira de rodas, enquanto Alves fez o mesmo usando uma venda nos olhos.

As Interações Culturais e Humanísticas (ICHs) são um dos eixos pedagógicos do Setor Litoral e atividade curricular de todos os universitários. As Interações aconteceram todas as quartas-feiras ao longo do ano, quando os estudantes e docentes interessados em uma mesma temática encontravam-se para refletir e vivenciar a respeito do tema.

Nesta, 14ª Fich, o vice-diretor do Setor, Luiz Eduardo Thomassim, fez a abertura do evento e conduziu a apresentação pública das atividades. Também esteve presente o diretor setorial, Renato Bochicchio, para quem o Fich é um momento peculiar de promoção da cultura, arte, ciência e cidadania entre os estudantes e a comunidade local.

O evento foi encerrado com a encenação da peça teatral Conto das Contas, produzido pelo programa de extensão Labmóvel.

 

pt_BRPortuguese