ufpr_bcopng

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Projeto Universidade na Escola é apresentado a professores da região de Apucarana

Alunas do Universidade na Escola apresentam projetos a professores da rede pública – Fotos: Integra/UFPR

Em uma das manhãs mais frias do ano, o campus de Jandaia do Sul da Universidade Federal do Paraná recebeu diretores e pedagogos de escolas vinculadas ao Núcleo Regional de Educação de Apucarana. O projeto Universidade na Escola, coordenado pela Diretoria de Desenvolvimento e Integração dos Campi (Integra/UFPR) fez parte da programação de atividades formativas realizadas nesta quarta-feira (18).

O diretor do Integra, professor Renato Bochicchio, relata que a atividade contou com a interação direta do projeto com os integrantes de 61 colégios, “em uma grande experiência de aproximação da atuação da UFPR no Norte do estado junto à rede pública de ensino”. “Mais importante foi perceber a valorização que as escolas deram ao projeto. Como uma peça que faltava no quebra-cabeça na relação entre a universidade e a escola”, explica Bochicchio.

O Projeto Universidade na Escola tem como objetivo aproximar a realidade universitária dos estudantes da rede pública de ensino, ao apresentar um conjunto de informações sobre as políticas de acesso e permanência, a importância da Universidade pública para o desenvolvimento nacional, o cotidiano universitário e as regras para o vestibular e ENEM, estimulando a democratização do ensino superior.

A apresentação foi realizada pelas estudantes do setor Litoral Nicolli Bremer dos Santos e Vitória de Lara Miranda, ambas oriundas da rede pública de ensino e integrantes do projeto Universidade na Escola. Além das atividades formativas, o público de mais de 150 diretores e pedagogos pôde conhecer as instalações do campus de Jandaia do Sul.

A realização da apresentação foi possível a partir de negociação entre o diretor do Campus Jandaia do Sul, professor José Eduardo Padilha de Sousa e o chefe do NRE de Apucarana, Vladimir Barbosa da Silva, que abriu espaço para a UFPR no evento com as escolas. Padilha considera que essa primeira aproximação teve um efeito muito maior que o esperado, mostrando que a baixa procura pelos cursos no vestibular não era pela falta de interesse, mas pelo desconhecimento do campus – inclusive pelas escolas da cidade.

Os participantes “ficaram maravilhados com a estrutura, laboratórios, com tudo o que a UFPR pode oferecer. A receptividade foi muito boa e devem surgir outras ações”, conta Padilha. Além de levar informações sobre a Universidade, acesso e assistências estudantis para as escolas, a ideia é que o campus Jandaia seja visitado pelos alunos de escolas públicas da região. “Os jovens precisam ver, enxergar e se sentir pertencente a essa realidade da universidade pra poder escolher e vir fazer os cursos aqui. Acho que Jandaia vai ser um exemplo. A Universidade tem que estar inserida na comunidade, pois esse foi o objetivo da integralização dos campi, da Universidade pra fora da sede”.

Adaptando a frase “só a educação dá oportunidades iguais a quem a vida deu caminhos diferentes” Padilha completa: “só a universidade pública no interior dá oportunidades iguais a quem nasceu em lugares diferentes” e “o público do interior dá oportunidades para a universidade pública existir em lugares diferentes”.

Equipes da UFPR e do Núcleo Regional de Educação de Apucarana

Maria dos Anjos Grangeiro da Silva, servidora do NRE de Apucarana, reforça o desejo de manter a parceria: “A possibilidade que vislumbramos com esse evento de hoje é de aproximação da Universidade com nossas escolas e o NRE. Avalio que podemos desenvolver um trabalho em parceria, para o bom desenvolvimento da educação pública de nossa região. As possibilidades que vocês apresentaram, trazem à tona o direito à Universidade pública, gratuita e de qualidade para que nossos estudantes tenham o desejo de prosseguir no processo de escolarização. Que essa parceria se fortaleça e proporcione muitos frutos”, diz a servidora.

Em breve, o projeto atuará diretamente nas comunidades escolares, interagindo com os estudantes da rede e apresentando o potencial individual de acesso à universidade pública da região. As ações do projeto Universidade na Escola serão realizadas também no Oeste e no litoral do Paraná, compreendendo os municípios de ao menos quatro núcleos regionais de educação: Apucarana, Assis Chateaubriand, Toledo e Paranaguá.

Atualizado em 20/05/2022

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...