Projeto “Sextas na Pós” debate desafios e novos rumos para o ensino médio no Brasil – 16/9

14 setembro, 2022
10:56
Por
0
Evento

Nesta sexta-feira (16), o projeto Sextas na Pós aborda o tema “As juventudes e a necessidade de novos rumos para a educação”. A mesa-redonda será coordenada pelas professoras do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPR, Ana Lorena de Oliveira Bruel e Monica Ribeiro da Silva. A mediação será da professora Claudia Moreira. Para ilustrar a temática as pesquisadoras elaboraram um vídeo que pode ser acessado aqui. A programação acontece das 19h às 21h e é promovida pela parceria entre os Programas de Pós-Graduação de Educação e de Letras, da UFPR, ambos avaliados recentemente como de excelência máxima, nota 7 pela Capes.

Pelo canal do PPGE no Youtube , as docentes apresentarão um balanço das políticas educacionais atuais, em especial, do ensino médio que abrange jovens de 15 a 17 anos. Nessa faixa etária ainda há muitos estudantes que não se encontram no ensino médio e seguem no ensino fundamental, como também existem muitos casos de alunos no ensino médio com idade superior a 17 anos. As professoras observam que a escola mostra-se pouco tolerante com trajetórias atípicas e os estudantes com defasagem entre idade e série tendem a sair precocemente da escola sem concluir a educação básica.

De acordo com os dados divulgados pelo Laboratório de Dados Educacionais a partir dos microdados do Censo Escolar produzido pelo Inep, em 2007, em todo o Brasil, havia 8.194.898 matrículas de estudantes nessa faixa etária. O número foi crescendo até 2013, quando chegou a 8.600.173. A partir de 2014, as matrículas passam por um movimento contrário e começam a diminuir, com alguma oscilação entre 2016 e 2020, até chegar a 7.871.622 matrículas em 2020.

Já as matrículas de ensino médio integrado à educação profissional e normal passaram por crescimento, saindo de 296 mil matrículas em 2007 para 688 mil matrículas em 2020. Na educação profissional concomitante e subsequente, as matrículas também tiveram aumento. Desse modo, as pesquisadoras problematizam a conjuntura da educação brasileira no ensino médio com diversos questionamentos: este movimento de expansão seguido de recuo podem explicar a emergência de uma reforma no ensino médio? Por que houve tanta resistência à reforma? Que promessas esta reforma do ensino médio apresentou e será que de fato o que está em curso se encontra com os anseios e necessidades das juventudes?

Projeto “Sextas na Pós”
Data: 16 de setembro
Horário: das 19h às 21h
Canal do PPGE no youtube

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]