logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Projeto promove turismo de base familiar em Guaratuba

Os 21 participantes do curso de extensão Anfitriões da Baía de Guaratuba, promovido pelo projeto de extensão Fortalecimento do Empreendedorismo, da Inovação e Gestão Familiar do Turismo de Guaratuba, com apoio do Projeto Mais Cultura – Mutirão UFPR (MINC/MEC), receberam esta semana seus certificados de participação. O encontro, diferente de uma cerimônia formal, relembrou a trajetória percorrida pelo grupo nos meses de julho a novembro de 2016, e contou com a presença do vice-diretor do Setor Litoral, Luis Eduardo Thomassim, além de alguns dos ministrantes.

O curso teve caráter itinerante e as aulas aconteceram em diferente locais e em ambientes. Foto: Divulgação

O curso teve caráter itinerante e as aulas aconteceram em diferente locais e em ambientes como o salão paroquial de Caieiras, a Escola Municipal Iraci Miranda Kruger e até mesmo nas residências e estabelecimentos comerciais dos cursistas.

A professora Beatriz Cabral, coordenadora do projeto e do curso, explica que a proposta foi formar pessoas das comunidades do entorno da Baía de Guaratuba, em questões relacionadas à hospitalidade e à condução de visitantes, tendo em vista a construção de um modelo de turismo que valorize as belezas e cultura da região, gerando renda para famílias locais.

Segundo Beatriz, no início do curso algumas pessoas que diziam não acreditar em alternativas de turismo para a região, que fossem diferentes ao turismo de sol e praia. “No entanto, ao final do curso, eles propuseram atividades de lazer extremamente inovadoras, tal como a retirada de marisco; a visita ao moinho antigo; a realização de trilhas, entre outros. É o início de um processo construção de um novo modelo de turismo para região”, avaliou a professora.

Marilda Bach Silva, moradora da Prainha, elogiou o curso ao receber seu certificado. “Tenho muitos certificados, mas este é especial, porque foi o melhor curso que já fiz”, falou emocionada.

Os alunos, de comunidades do entorno da Baía de Guaratuba, recebweram formação voltada para hospitalidade e condução de visitantes. Foto: Aline Gonçalves

Entre os professores e ministrantes dos módulos do curso estiveram docentes e egressos da UFPR, representantes do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e Instituto Ambiental do Paraná (IAP), do corpo de bombeiros, entre outros. Após o termino do curso, os participantes criaram o Grupo Guarapés para ofertar passeios e serviços turísticos. “Essas pessoas passaram a indicar para os visitantes, atrativos turísticos que até então desconheciam”, explica Beatriz.

Com a inserção do projeto de extensão e o curso Programa Mutirão da UFPR, que recebeu recursos do Programa Mais Cultura (MEC/MinC), foi possível fazer com que curso tivesse o caráter itinerante, ainda promover o registro de alguns roteiros em vídeos e criar um site para que o Grupo promova seus serviços. Esses produtos ainda estão em fase de finalização e devem ser lançados em breve.

Por Aline de Oliveira Gonçalves

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...