logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Profissionais de TI da UFPR se integram para compartilhar desafios e ideias

Cerca de 80 profissionais de diversas áreas e campi da UFPR se inscreveram para participar. FOTO: Leonardo Bettinelli/ACS
Cerca de 80 profissionais de diversas áreas e campi da UFPR se inscreveram para participar. FOTO: Leonardo Bettinelli/ACS

Os profissionais envolvidos com Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na UFPR estão reunidos nestas quinta e sexta-feira (03 e 04) para discutir e praticar a integração. A iniciativa intitulada I IntegraTI é uma proposta feito pelo Centro de Computação Eletrônica (CCE), unidade central de TIC da Universidade, com o objetivo de aproximar os setores que trabalham com a área, socializando as experiências de cada unidade e uniformizando as práticas atualmente utilizadas.

Para o diretor do CCE, Edson Flávio de Souza, esforços e apoio mútuo são essenciais para melhor aproveitamento da capacidade de trabalho da Universidade. “Até pela disposição dos campi da Universidade, as unidades de TI são muito afastadas umas das outras e isso acaba gerando um isolamento inclusive das ações. Este momento em que conseguimos reunir tantos profissionais é muito singular e representa a vontade de uma maior sinergia para otimização de conhecimento, recursos e serviços”, explica o diretor.

Encontro falou desde serviços de email até novos projetos e governança em TI. FOTO: Leonardo Bettinelli
Encontro falou desde serviços de email até novos projetos e governança em TI. FOTO: Leonardo Bettinelli

Cerca de 80 pessoas – entre técnicos e docentes de diversos campi – participam das atividades que ocorrem no Salão Nobre do Setor de Tecnologia (Campus Politécnico). Na programação desta quinta-feira, os profissionais puderam falar sobre os portais institucionais da UFPR, padronização e personalização das imagens dos computadores da Universidade, governança de TIC, atendimento ao usuário, documentação eletrônica, serviços de email, datacenter, impressões e encerrando com uma mesa-redonda entre os técnicos.

O Gerente de Desenvolvimento Organizacional para Marketing e Relacionamentos da RNP, Marcus Vinicius Rodrigues Mannarino, falou sobre as parcerias entre a UFPR e a Rede. FOTO: Leonardo Bettinelli/ACS
O Gerente de Desenvolvimento Organizacional para Marketing e Relacionamentos da RNP, Marcus Vinicius Rodrigues Mannarino, falou sobre as parcerias entre a UFPR e a Rede. FOTO: Leonardo Bettinelli/ACS

Nesta sexta-feira, as atividades foram abertas pelo Gerente de Desenvolvimento Organizacional para Marketing e Relacionamentos da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Marcus Vinicius Rodrigues Mannarino. Ele falou sobre os projetos em parceria com a UFPR e como a sinergia entre instituições – e unidades internas – pode resultar em serviços de melhor qualidade e otimização dos investimentos.

Na sequência, o minicurso “Colaborando com Zimbra”, seguido por uma conversa sobre o Processo de Desenvolvimento de Software da UFPR (PDS/UFPR) e palestra sobre Educação 3.0 com Vilson Martins Filho, desenvolvedor de uma solução para capacitação docente e inovações em sala de aula com uso de tecnologias digitais.

DIMENSÃO

Entre as atividades, houve espaço ainda para discussões além das práticas cotidianas de TI. O vice-reitor Rogério Mulinari abriu a programação da tarde desta quinta para mostrar alguns exemplos de como o trabalho da área pode gerar impactos significativos no contexto acadêmico e na solução de grandes problemáticas.

Como referência, o vice-reitor falou sobre o programa Telessaúde, uma ação nacional que busca melhorar a qualidade do atendimento e da atenção básica no Sistema Único da Saúde (SUS), integrando ensino e serviço por meio de ferramentas de tecnologias da informação. Na UFPR, um dos resultados da iniciativa foi a redução do tempo em fila de espera por um atendimento de radiologia de 18 para dois meses.

Outro exemplo detalhado por Mulinari foi o programa Conte Conosco. Com a utilização de uma plataforma online, desenvolvida pelo CCE e operada por uma equipe multiprofissional de acolhimento, a Universidade pôde se tornar pioneira na estratégia adotada para combate à violência e à discrimação dentro do ambiente acadêmico. A plataforma foi lançada em agosto e é única entre as universidades federais. CONHEÇA

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...