logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Professores da UFPR coordenam Manual de Adubação e Calagem para o Paraná

 

Professores Volnei Pauletti e Antonio Carlos Vargas Motta (foto Samira C. Neves)

Dois professores da UFPR estão à frente da produção de um livro que é um marco histórico para a agronomia local, o Manual de Adubação e Calagem para o Estado do Paraná. Os professores Volnei Pauletti e Antonio Carlos Vargas Motta coordenaram a publicação, que conta com diversos autores e traz orientações detalhadas para agrônomos e profissionais de ciências agrárias em relação aos solos paranaenses. A edição é da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo – Núcleo Estadual Paraná.

Os trabalhos para a elaboração do manual levaram sete anos e envolveram 73 profissionais, entre eles mais dois professores da UFPR, Aníbal de Moraes e Marcelo Ricardo de Lima. “É um grande desafio que precisava ser vencido. Outros estados já tinham seus manuais e o Paraná, ainda não”, conta o professor Volnei.

Com 482 páginas, o Manual sintetiza todas as informações que existem hoje sobre adubação e calagem do solo paranaense. Há tabelas para orientar a execução dos trabalhos. Por isso, o livro serve como base para definições de doses e de como aplicar adubos e corretivos nas principais espécies cultivadas no Paraná.

O Estado é um dos principais estados no cenário agrícola brasileiro destacando-se como o maior produtor de feijão, cevada, trigo e pinus, e segundo na produção de batata, milho, soja, mandioca.

O Manual está dividido em duas partes. A primeira, composta por sete capítulos, contém informações básicas e orientações para a obtenção dos dados e critérios utilizados para adubação e calagem. A segunda, composta por oito capítulos, contém orientações para a definição de doses e estratégias de aplicação de nutrientes para as espécies abordadas, como milho, trigo, amendoim, soja, canola, feijão, erva-mate e várias outras.

A obra estará à venda no site da Sociedade Brasileira da Ciência do Solo – Núcleo Paraná (http://www.sbcs-nepar.org.br/). O valor é de R$ 100 para não sócios e R$ 80 para sócios.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...