logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Professor da UFPR é indicado para integrar a mais alta instância da Justiça brasileira

Imagem: Instituto de Terras, Cartografia e Geociências do Governo do Estado do Paraná
Imagem: Instituto de Terras, Cartografia e Geociências do Governo do Estado do Paraná
O professor de Direito Civil da UFPR, Luiz Edson Fachin, foi indicado oficialmente como novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Apontado pela presidente Dilma Rousseff, após sabatina no plenário do Senado, passará a integrar a mais alta instância da Justiça brasileira.
Fachin iniciou e seguiu sua vida acadêmica na Universidade Federal do Paraná. Graduou-se em Direito na UFPR (1980) e chegou a ser diretor da Faculdade de Direito da Universidade. Foi ainda um dos defensores da criação do curso de doutorado em Direito.
Para o diretor do Setor de Ciências Jurídicas da UFPR, professor Ricardo Marcelo Fonseca, o sentimento é de alegria e de orgulho porque  representa o reconhecimento não só profissional do jurista, como um  prestígio  para a Universidade. Fachin “é jurista de primeira qualidade, reconhecido pela maioria da comunidade jurídica pela competência e também pelo seu caráter e bom senso”, diz Fonseca. Entre as diversas funções que exerceu na UFPR, foi o responsável por elevar o conceito do Programa de Pós-Graduação em Direito durante período em que foi  o coordenador.
Atuante em momentos bastante significativos da história da Faculdade de Direito, o professor sempre fez questão de contribuir com suas ideias em discussões fomentadas pelo colegiado. Foi assim, por exemplo, quando o curso debatia uma reforma curricular. “Reafirmo entender que é o tempo mesmo da Faculdade de Direito da UFPR repensar seu projeto didático-pedagógico e aperfeiçoar seu currículo. Tal processo deve estar guiado pelo acervo histórico da Faculdade de Direito da UFPR na defesa das liberdades públicas e do Estado democrático de Direito, na formação humanística coerente com a construção de uma sociedade justa e solidária, numa ambiência plural, com o respeito à  diversidade e o reconhecimento da complexidade das temáticas pertinentes.  Os nossos interesses institucionais aí devem estar, como não poderia deixar de ser, em patamar de prioridade incondicionada”, afirmou em pronunciamento realizado, na plenária departamental, em março de 2009. O projeto político-pedagógico vigente hoje na Faculdade de Direito da UFPR é proveniente dessas discussões.
Luiz Edson Fachin é pós-doutorado no Canadá, pesquisador convidado do Instituto Max Planck, na Alemanha, e professor visitante do King’s College, London. É também membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas e da Comissão Estadual da Verdade. Tem 56 anos e ocupará a vaga do ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa, aposentado em julho de 2014.
A direção do Setor de Ciências Jurídicas da UFPR emitiu uma nota parabenizando o professor da casa pela indicação.
Por Jaqueline Carrara e Jéssica Maes

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...