logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Pesquisador francês concluirá pesquisa sobre peixes no Setor de Ciências Biológicas

Lagos de Bom Jardim onde foram retiradas amostras para a pesquisa. Foto: Arquivo pessoal.

O impacto do turismo no comportamento e na fisiologia dos peixes da espécie Odontostilbe pequira é tema da pesquisa do pós-doutorado de Benjamin Geffroy, biólogo graduado na Universidade de Bordeaux/França. Ele fez toda a parte prática do projeto, que desenvolve junto à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul,  na localidade de Bom Jardim, ponto de ecoturismo matogrossense. Agora, em dezembro, concluirá seus estudos no Setor de Ciências Biológicas da UFPR.

Na Instituição, o pós-graduando irá quantificar amostras de cortisol que coletou. O objetivo do trabalho é verificar as modificações fisiológicas desses animais quando em estado de estresse, diante do contato com turistas. Geffroy busca identificar como o hormônio cortisol – produzido pelos peixes em situações de estresse – age no animal diante deste contato, comparando as amostras com a de outros peixes que não têm essa relação. Na UFPR terá a colaboração das professoras Maritana Mela Prodocimo, do Departamento de Biologia Celular, e Rosana Nogueira de Moraes, do Departamento de Fisiologia.

Professora Maritana e o pesquisador Benjamin. Foto Arquivo Pessoal.

Mesmo com os estudos em andamento, Benjamin diz já ser possível observar a interferência do turismo no meio ambiente. “O peixe Odontostilbe pequiraé um peixe oportunista, pois gosta de receber alimentos e não tem problemas em entrar em contato com os seres humanos. Por conta disso houve uma proliferação desses peixes na região e a migração de outros peixes que ali viviam”, conta o mestre em Biologia Marinha e doutor em Comportamento e Fisiologia da Reprodução dos Animais Aquáticos.

Além da UFPR, esse estudo envolve ainda outras instituições de ensino: as Universidades de Bordeaux e Rennes, na França, e a Universidades Federal e Estadual do Mato Grosso.

 

Por Celsina Favorito, com informações da Aspec.

 

 

 

 

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...