logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Manifestação do Setor de Ciências Exatas

De acordo com a política de comunicação da UFPR, a qual privilegia a isonomia na divulgação de ideias, segue, a pedido,  a manifestação pública do Setor de Exatas a respeito do fato envolvendo as salas do Centro Politécnico. ​

 

Resposta do Setor de Ciências Exatas aos arrombamentos de suas salas no dia 06 de março de 2017

O Setor de Ciências Exatas reúne o maior número de professores em dedicação exclusiva da UFPR passando de 102 em 1991 para 235 professores em 2015. Nosso Setor possui 6 programas de pós-graduação todos com conceito mais alto do estado do Paraná em sua área. A grande dedicação à UFPR aliada à captação de recursos fez com que nos últimos 20 anos a demanda por espaço físico aumentasse exponencialmente. A construção de mais um prédio não resolve esse problema. Enfrentamos ainda sérias dificuldades para acomodar os programas de pós-graduação da Matemática e da Química. O recém-criado curso de graduação em Expressão Gráfica ainda não recebeu o espaço necessário para seu pleno funcionamento. Além disso, o novo prédio do departamento de Química, parte integrante do projeto Reuni, nunca foi entregue pela reitoria.

O Setor de Ciências Exatas tem sempre insistido na adoção de critérios claros e transparentes para dar sustentação às decisões administrativas. Motivado por esses princípios o conselho Setorial em sua 663ª reunião estabeleceu a proposta de cessão dos 3º e 4º andares do Edifício da Administração no Centro Politécnico. Como parte integrante do processo 23075.161643/2016-26* a proposta foi encaminhada ao Gabinete do Reitor em 14/10/2016 e ao diretor do Setor de Tecnologia em 01/11/2016.

Na sequência desses entendimentos o então reitor Zaki Akel Sobrinho determina no ofício 495/16* a cessão dos espaços ocupados pelo Setor de Tecnologia no prédio do departamento de Química concomitantemente à cessão dos espaços do prédio da Administração. Apesar do Setor de Ciências Exatas ter efetuado a entrega formal dos espaços cedidos no 4º andar do prédio da administração, até agora o Setor de Tecnologia não entregou formalmente nenhum espaço entre os determinados no ofício.

O Setor de Ciências Exatas nega a afirmação do Superintendente da Suinfra de que seus ofícios foram ignorados. Esse setor sempre enviou resposta através do processo 23075.161643/2016-26*, que voltamos a enfatizar, tem norteado todo o processo de cessão de espaços.

Entendemos, portanto, que os arrombamentos ocorridos no dia 06 de março de 2017 revelam parcialidade e incapacidade de resolver conflitos através do diálogo e da definição de critérios transparentes. Aguardamos a devolução dos espaços, ainda sob jurisdição do Setor de Ciências Exatas, bem como os bens patrimoniais que ali se encontram. Esperamos da reitoria da UFPR uma postura imparcial na retomada de um diálogo pacífico que nos leve à uma solução que atenda os interesses acadêmicos de todos os atores envolvidos.

* O processo 23075.161643/2016-26 e o ofício 495/16, podem ser acessados no endereço http://www.exatas.ufpr.br/portal/blog/notaoficial-do-setor-de-ciencias-exatas-a-comunidade-universitaria-sobre-os-arrombamentos-em-seus-espacos/

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...