logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Lineu César Werneck recebe título de professor emérito da UFPR

Solenidade de entrega do título de professor emérito a Lineu Cesar Werneck - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Como parte das comemorações dos 100 anos da Faculdade de Medicina da UFPR, o Conselho Universitário outorgou na noite de terça-feira (6) o título de professor emérito a Lineu César Werneck, professor sênior de neurologia da universidade. A entrega da distinção, pelo reitor Zaki Akel Sobrinho, foi realizada no auditório do Setor de Ciências da Saúde, em sessão pública e solene especialmente convocada para o ato.

Também médico, o vice-reitor da UFPR, Rogério Mulinari, destacou o fato de a láurea ser conferida a poucas pessoas e representar uma avaliação de pares. Na leitura do currículo de Werneck, o vice-reitor ressaltou a atuação do neurologista no Hospital de Clínicas (HC). “Lineu é um dos mais produtivos pesquisadores da nossa UFPR, consideradas todas as áreas, não só a médica”, acrescentou.

Homenagem foi realizada como parte das comemorações dos 100 anos da Faculdade de Medicina - Foto: Rodrigo Juste Duarte

“Lineu é um dos grandes expoentes da medicina de nosso estado”, disse o reitor, Zaki Akel, que falou ainda sobre o centenário da Faculdade de Medicina. “É um momento importante para relembrarmos o passado, mas também para olharmos para o futuro”, disse. Ele lembrou que há projetos de criação de novos cursos de medicina da UFPR em outras cidades, no interior do Paraná, e defendeu a autonomia do HC.

Aos 73 anos, o homenageado da noite também se mostrou preocupado com o futuro. “Mais do que formar mais médicos, é preciso pensar na qualidade dos profissionais que estão saindo das universidades”, disse.

Werneck ingressou na UFPR, ainda como estudante, em 1961. Logo após se formar foi para os Estados Unidos, onde foi interno na Unidade Médica Martland da Faculdade de Medicina e Odontologia de New Jersey e posteriormente residente em neurologia na Universidade Duke. Voltou à UFPR em 1971 como auxiliar de ensino, passando a professor assistente, adjunto, titular e, em 2010, com a aposentadoria, sênior.

O pesquisador contou que a decisão por ser médico surgiu ainda na infância. “Quando era criança, fui influenciado por um médico, clínico geral, amigo da família”, conta. “Nunca pensei seguir outra carreira.” Werneck disse ainda que ficou surpreso quando soube que receberia o título. “O que o torna mais importante é o fato de ter sido uma decisão dos meus pares.”

Célio Yano

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...