logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Laboratório de Inovação em Saúde é lançado na UFPR para estimular produção de produtos e serviços que atendam demandas da sociedade

Foto: Marcos Solivan / Sucom UFPR

Com o intuito de aproximar as pesquisas da UFPR e as demandas da sociedade na área da saúde, a Agência de Inovação UFPR lançou o Laboratório de Inovação em Saúde, nesta quinta-feira (11), no auditório da Funpar.

A iniciativa tem o objetivo de estimular a inovação na UFPR, com o trabalho colaborativo de pesquisadores da área. Esse é o primeiro dos Laboratórios de Inovação que a Agência de Inovação pretende criar para diversas áreas na UFPR.

O diretor-executivo da Agência de Inovação, Carlos Yamamoto, disse ser uma “alegria imensa lançar a semente dos laboratórios de inovação na UFPR”. Ele destacou que a inovação tem um importante papel estratégico para a UFPR nos próximos anos, se somando aos pilares de ensino, pesquisa e extensão. Yamamoto disse que foi a partir de demandas identificadas pela Agência de Inovação que se chegou à criação do Laboratório de Inovação em Saúde. “Decidimos criar essa nova forma de interagir internamente na Universidade, uma forma mais colaborativa”.

“Esperamos com essa iniciativa integrar melhor a pesquisa com as necessidades da sociedade. Afinal de contas, isso faz parte da missão da universidade; produzir conhecimento significativo para a sociedade na qual estamos inseridos”, afirma Cleverson Renan da Cunha, coordenador de Empreendedorismo e Incubação de Empresas da Agência de Inovação.

O Laboratório surgiu da vontade dos pesquisadores de transformar as suas pesquisas em algo mais próximo do dia-a-dia. O coordenador de Empreendedorismo e Incubação de Empresas da Agência de Inovação, Cleverson Renan da Cunha, conta que a equipe conheceu projetos semelhantes de diversas regiões do mundo e decidiu trazer a experiência para a UFPR. “Em vez de caminharmos sozinhos – como muitos de nós já temos feito, fazendo pesquisa, inovação e projetos fantásticos – por que não fazermos isso juntos? O laboratório tem o objetivo de fazer a inovação acontecer”, diz Cunha.

Yamamoto lembrou que a UFPR já ocupa a quarta posição do ranking de instituições com mais depósitos de patentes. “Mas nós queremos mais. Queremos que as patentes acabem no mercado, e que as empresas incubadas aqui tenham impacto no dia-a-dia da sociedade. A UFPR, por ser tradicional, já é reconhecida em diversos índices. Temos que fazer diferença na área da inovação”, diz.

O Laboratório de Inovação em Saúde pretende agregar não só os pesquisadores que já têm carreira consolidada na UFPR, produzindo pesquisa formando pessoas, mas também os novos profissionais, contratados nos últimos cinco anos, que ainda estão formatando grupos de pesquisa ou se inserindo em grupos já existentes.

Durante o lançamento, o pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Danilo Nagem, apresentou o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (LAIS), do qual é um dos fundadores. Do LAIS, já saíram projetos importantes para a saúde no Brasil, como o Observatório do Aedes aegypti; o Olho Biônico, que auxilia deficientes visuais na locomoção em vias públicas; o Observatório da Microcefalia, entre outros produtos e serviços.

Veja o álbum de fotos do evento.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...