logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Laboratório de Compatibilidade Eletromagnética é inaugurado na UFPR

A UFPR inaugurou hoje (18) o Laboratório de Compatibilidade Eletromagnética (LCE) no Departamento de Engenharia Elétrica da instituição. O novo espaço acadêmico é fruto de uma parceria entre a UFPR, por meio dos professores Bruno Pohlot Ricobom e Marlio José do Couto Bonfim, e a empresa alemã Unify, que fez a doação de todos os equipamentos.

Laboratório de Compatibilidade Eletromagnética é inaugurado na UFPR. Fotos: Marcos Solivan/Sucom-UFPR

O reitor, Ricardo Marcelo Fonseca, agradeceu aos doadores, professores e técnico-administrativos que empenharam-se no processo de montagem do novo laboratório. Ressaltou ainda a relevância da iniciativa e da parceria que ajuda a fortalecer a relação entre a academia, a pesquisa e o mercado.

“Num momento em que a pesquisa no nosso país sofre cortes orçamentários brutais, e que não se tem a compreensão que a produção de conhecimento é investimento para as gerações futuras e não um gasto público, é uma satisfação para a UFPR ver ações na contramão, de esforço coletivo, que valoriza a formação acadêmica, a pesquisa”.

Câmara Anecoica permite espaço sem interferências externas para viabilizar pesquisas na área

O LCE será usado para pesquisas na área de eletromagnética, que é bastante importante hoje em dia por conta nos inúmeros equipamentos sem fios que temos no nosso cotidiano. Esses equipamentos sem fio, explica Bonfim, um dos professores coordenadores do laboratório, “precisam estar dentro de padrões internacionais para serem lançados no mercado. Antes isso estava à disposição em estados vizinhos apenas, hoje temos aqui, na UFPR. Além disso, agora, nossos estudantes também terão contato com essa tecnologia”.

Bonfim conta ainda que a inauguração do espaço é muito importante para a UFPR e a sociedade, pois “pesquisa, graduação, pós graduação e empresas terão acesso a uma tecnologia que até o momento só era encontrada fora do Paraná”.

A tecnologia a que se refere o professor é a Câmera Anecoica, “um espaço, numa ambiente fechado, em que as ondas eletromagnéticas não passam para o meio ambiente.

E o equipamento também não recebe ondas do meio. É um espaço livre, onde não há interferência de outros equipamentos. Esse espaço criado pelo equipamento é fundamental para que possamos fazer desenvolver pesquisas, atividades de ensino, testes e certificações”.

Acesse o site do LCE neste link

pt_BRPortuguese