logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Festa de Carnaval anima pacientes do Serviço de Hematologia e Oncologia Pediátrica do HC

Foto: Marcos Solivan / Sucom UFPR

O Serviço de Hematologia e Oncologia Pediátrica do Hospital de Clínicas promoveu, nesta sexta-feira (24), uma festa a fantasia de carnaval para servidores, pacientes e familiares. A festa aconteceu no ambulatório Menino Jesus e foi animada pela banda Tupi Pererê.

De acordo com a assistente social do Serviço, Ielsa Kafka, a ideia  é fazer com que as crianças vejam o espaço com alegria e motivação. “Fazer quimioterapia, tomar injeção são obrigações muito desgastantes. A partir dessas ações, os pacientes sabem que ao virem aqui também vão participar  de brincadeiras e oficinas. Assim, eles desviam o foco de algo não muito bom, passando a vir com mais alegria. Isso reflete rapidamente e de forma positiva no tratamento deles”, conta.

Foto: Marcos Solivan / Sucom UFPR

Segundo Jucilene Ribeiro, mãe da pequena Letícia, de 10 anos – que faz tratamento de quimioterapia há três anos e meio e em breve fará transplante de medula – eventos como este proporcionam felicidade às crianças. “Elas brincam, divertem-se, e esquecem a doença”. Já Gabriel, de apenas três anos de idade – que realiza quimioterapia para tratar leucemia-,  fez questão de pedir para a mãe, Amanda Zandonai, para participar do evento. Para ela, essa fuga da rotina é essencial na recuperação das crianças: “Ver o filho sorrindo, contente e se distraindo é a melhor sensação que existe”, comenta.

As marchinhas de carnaval tocadas pela banda Tupi Pererê agitaram a festa e colocaram todo mundo para dançar. Os participantes pularam, fizeram trenzinho, brincaram com confetes e serpentinas. Bruxas, piratas, fadas, super-heróis e princesas não faltaram, todo o tipo de fantasia era válida para entrar na brincadeira.

Foto: Marcos Solivan / Sucom UFPR

Leniza Costa Lima Lichtvan é médica oncologista pediátrica e responsável pelo ambulatório. Ela lembra que as crianças passam por tratamentos difíceis e prolongados e por isso este momento de descontração e de felicidade faz muito bem para elas. Por meio dessas iniciativas, as crianças ficam mais animadas e, dessa forma, enfrentam melhor o tratamento e têm mais disposição para vir às consultas porque sabem que terão a oportunidade de fazer coisas diferentes. Para os médicos e funcionários, esta também é uma ocasião gratificante: “No dia a dia, nosso trabalho não é fácil. Assim, ter a chance de ver os pacientes tão alegres e tão despreocupados em relação ao restante do tratamento é algo que nos deixa também muito felizes”, revela.

O carnaval é mais uma das diversas atividades que a unidade proporciona às crianças que lá realizam tratamento. Além desses eventos pontuais, também são oferecidas oficinas rotineiras de balé, pintura, contação de histórias, artesanato, capoeira, gastronomia, entre outras. Dinâmicas como estas – realizadas nos momentos em que as crianças estão aguardando resultados de exames, consultas, quimioterapia, transfusão de sangue, etc. -, têm o objetivo da promoção à saúde, da superação da enfermidade e de de desviar o foco da doença.

Confira as imagens do evento no Flickr da UFPR.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...