logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Estudo da UFPR elenca organistas que influenciaram instalação de órgãos em igrejas da capital

A chegada das religiosas Maria Ptak e Maria Sofia Ulatowski ao Paraná, no início do século XX, representa um marco histórico para o protagonismo das paróquias polonesas na instalação de órgãos nas igrejas da região de Curitiba. As duas Irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria, que vieram atuar na área de ensino nas escolas das colônias e também influenciaram a música litúrgica, estão entre os nomes de 14 organistas elencados a partir da pesquisa realizada pelo acadêmico do curso de Luteria da UFPR, Mateus dos Santos, e pelo docente Thiago Côrrea de Freitas.

Os pesquisadores já divulgaram a catalogação de órgãos no estado do Paraná e a análise de dados coletados. O desdobramento da pesquisa, publicado recentemente no Boletim TAK, traz agora um levantamento histórico e aponta os vínculos de influência para a instalação dos instrumentos nas igrejas.

Órgão da Igreja de Santo Antonio de Orleans. Foto: Matheus dos Santos.

Os organistas atuaram e circularam entre as igrejas de Abranches, Orleans, Santo Estanislau e Colônia Murici. Outro nome de destaque na lista é o de Jerônimo Durski, considerado “Pai das Escolas Polonesas”. De acordo com Freitas, Durski chegou ao estado do Paraná antes mesmo da instalação de órgãos, em 1866.

A presença desses organistas nas colônias polonesas é fator que demonstra a existência do elemento humano, além do recurso financeiro, associado à instalação dos órgãos, aponta o estudo. “Parte desses organistas não teve oportunidade de ver órgãos instalados nas igrejas, entretanto, devem ter contribuído seja com a música tocada em harmônios ou com a semente da ideia de ter um órgão para uso na música litúrgica”, escreveram os autores.

Por ser limitada à literatura publicada e acessível, a pesquisa ressalta que o grupo não deve ser visto como uma lista fechada.

O trabalho também foi apresentado em formato de documentário no concurso “Imigração Polonesa no Brasil: conte ou reconte essa história”, promovido pela Congregação Sociedade de Cristo, como parte dos 150 anos da imigração polonesa no Brasil. O vídeo “Órgãos e organistas: um legado da imigração polonesa na região de Curitiba”, produzido com a participação do egresso do curso de Comunicação Institucional da UFPR, Sílvio Schorrecke, traz informações inéditas sobre os organistas que atuaram nas paróquias e foi contemplado com prêmio de participação no concurso.

Assista ao vídeo na íntegra aqui.

 

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...