logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Estudantes de Gestão da Informação desenvolvem produtos voltados ao combate à violência contra a mulher

Estudantes do curso de Gestão da Informação desenvolveram uma série de produtos voltados para a prevenção e combate à violência contra a mulher, com foco na reeducação do agressor. São jogos para adolescentes, uma campanha para veiculação nos ônibus e vídeos para uso interno nas sessões de acompanhamento ao agressor no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Projudi).

Os trabalhos foram desenvolvidos por seis equipes, na disciplina de Produtos e Serviços da Informação, sob a responsabilidade da professora Maria do Carmo Duarte Freitas. O módulo integrou ensino, pesquisa e extensão, a partir da proposta de desenvolvimento de produtos de informação para atender demanda de um cliente real. Os estudantes contaram com a orientação de juízes, psicólogos, voluntários e pesquisadores do Projudi.

Os estudantes Byanca Neumann Salerno, Chao Chung Fan, Paulo Sergio da Conceição Moreira e Rafaela Wille de Aguiar  explicam que, depois de analisarem o cenário nacional em relação ao tema da violência contra a mulher, optaram por desenvolver um produto de informação com caráter preventivo que ajudasse a diminuir as estatísticas negativas. A equipe criou o Formas, um jogo de cartas acompanhado de um tabuleiro, dirigido a alunos do ensino fundamental de escolas públicas de Curitiba.

“Com essa disciplina a equipe teve uma experiência realista com o processo de desenvolvimento de um produto, realizando cada uma de suas etapas. A equipe aprendeu a gerenciar um projeto, tendo que atender a cobranças e aos prazos existentes, bem como teve que gerenciar a relação com o cliente, compreendendo as suas necessidades e traduzindo estas no produto elaborado”, resume a equipe.

Outros trabalhos

Para as estudantes Nicoli Agostini, Isabelle Harumi Koga e Stephany Tortato, a disciplina de Produtos e Serviços de informação “trouxe a experiência de trabalhar a criação de um produto de informação em uma situação real, mostrando a importância desde conhecer as necessidades dos clientes até o produto final, além de nos mostrar a dificuldade de atender todas as expectativas”.

Segundo a professora Maria do Carmo, a intenção é conectar os estudantes ao mundo real, de modo que possam desenvolver um produto realmente aplicável e que atenda às necessidades de um cliente que realmente precise do serviço.

A disciplina é ofertada desde 2007. Nesse período, os alunos já atenderam, além das unidades internas da UFPR, o Museu e Jardim Botânico Municipal de Curitiba e  o Instituto Federal do Paraná (IFPR) em Campo Largo. Entre os trabalhos já desenvolvidos estão livro e revistas para a ONG Grande Roda de Tambores e para a Associação Paranaense de Neoplasia e produtos em mídias eletrônicas (curso de educação a distância para Secretaria de Educação do Estado do Paraná – PDE). A aplicabilidade dos produtos se refletiu no interesse já apontado por organismos como Governo do Estado do Paraná, Prefeitura Municipal de Curitiba e Sesi/Senai CIC.

 

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...