logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Engenharia Elétrica da UFPR comemora 50 anos da formatura de sua primeira turma

Jubileu de ouro do curso de Engenharia Elétrida da UFPR - foto: Samira Chami Neves
Jubileu de Ouro do curso de Engenharia Elétrica da UFPR – foto: Samira Chami Neves

O curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Paraná (UFPR) comemorou nesta quarta-feira (14) os 50 anos da formatura de sua primeira turma. A solenidade aconteceu no Salão Nobre do Setor de Tecnologia e homenageou professores, estudantes e técnicos que fizeram parte desta história.

O curso iniciou com uma turma modesta que não passava de vinte estudantes e seu foco era na eletrotécnica, área que estuda a implementação da geração e distribuição de energia. O objetivo de sua criação foi suprir a demanda de profissionais no Estado do Paraná que iniciava seu processo de industrialização. A maior parte dos professores foram os engenheiros que trabalhavam na Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Jubileu de ouro do curso de Engenharia Elétrida da UFPR - foto: Samira Chami Neves
Homenagem ao Técnico Administrativo Francisco Gilberto Oro no Jubileu de Ouro do Curso de Engenharia Elétrica da UFPR – foto: Samira Chami Neves

Hoje o curso conta com 900 estudantes de graduação (divididos em dois períodos) e um corpo docente de 53 professores. Além da graduação também se integra ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE) atuando no ensino, pesquisa e extensão das área de eletrotécnica, eletrônica e telecomunicações.

A mesa foi composta pelo diretor e a vice-diretora do Setor de Tecnologia, Horácio Tertuliano Filho, e Regina Maria Hartog Pombo Rodriguez, pelo Superintendente da Funpar, professor João da Silva Dias, e representando a atual direção do curso de Engenharia Elétrica, o chefe de departamento, André Augusto Mariano, e o coordenador, Wilson Arnaldo Artuzi Junior, além da presença do reitor da UFPR, professor Marcelo Ricardo Fonseca.

Homenagens

Um dos homenageados mais ilustres da noite foi o professor aposentado Helio Irani da Motta e Camanducaia, engenheiro da Copel fez parte da primeira turma de professores do curso. Também receberam homenagens os engenheiros Bernardo Andrade, Numa de Oliveira e Carlos Alberto Riederer, formandos do ano de 1967, os professores mais antigos em atividade do curso, Luiz Pastro e Vilson Roiz Gonçalves Rebelo da Silva e o Técnico Administrativo, Francisco Gilberto Oro.

Parceria

O professor João da Silva Dias mostrou que a parceria entre a UFPR e a Copel continua forte, Aproveitando projetos e estudos realizados no curso ele anunciou o aceite de um projeto financiado pela companhia para substituição de lâmpadas em todo o Centro Politécnico e instalação de painéis solares. “Esses investimentos vão gerar uma economia de 600 mil reais por ano para a UFPR”.

Perpectivas

Jubileu de ouro do curso de Engenharia Elétrida da UFPR - foto: Samira Chami Neves
Estudantes do curso de Engenharia Elétrica da UFPR – foto: Samira Chami Neves

Segundo o professor James Alexandre Baraniuk, o curso vem acompanhando as novidades no campo da Engenharia Elétrica desde seu início, fomentando o desenvolvimento do Paraná. Ele destaca a preparação para as inovações que estão emergindo neste campo, especialmente os estudos sobre novas fontes de energia renovável, os dispositivos que devem surgir a partir da nanotecnologia, e as “Smart Grid”, redes inteligentes de distribuição de energia elétrica, que prometem trazer grandes ganhos de eficiência energética. Outro desafio, segundo Baraniuk, é a nova geração de Carros Elétricos, que tendem nas próximas década a dominar uma faixa maior do mercado de automóveis.

O professor Ricardo Marcelo Fonseca, reitor da UFPR, destacou o significado de completar 50 anos mantendo a excelência do curso. “São 50 anos fornecendo para a academia e para o mercado de trabalho uma quantidade de profissionais com a qualidade que é marca deste curso e desta Universidade”. O reitor ainda frisou que o curso tem se destacado no campo da graduação e da pós graduação além de ter “contribuído com o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado do Paraná”.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...