Energi UFPR: etiquetas de eficiência energética orientam sobre uso dos prédios da universidade

14 dezembro, 2020
07:17
Por
0
UFPR

Já presentes na vida dos brasileiros desde os anos 80, as etiquetas de consumo energético do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) trazem esclarecimentos variados que têm o objetivo de levar segurança e tranquilidade ao consumidor na escolha de itens — mais reconhecidamente, os eletrodomésticos. Na Universidade Federal do Paraná (UFPR) essas etiquetas certificam as edificações mapeadas pelos projetos de eficiência energética desenvolvidos pela instituição com a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) — reunidos no projeto Energi UFPR.

A etiquetagem é um sistema que avalia a eficiência energética com classificação categorizada em cores e letras, que varia de A (verde, mais eficiente) a E (vermelho, menos eficiente). No projeto de eficiência energética desenvolvido na UFPR, foi criada uma etiquetagem para fornecer diretrizes para a melhoria da eficiência em projetos e edificações. A etiquetagem do primeiro prédio autossuficiente em energia elétrica da UFPR, o bloco PL do Departamento de Engenharia Elétrica (Delt), ocorreu no último dia 19.

Etiquetagem de eficiência energética desenvolvida pelo Energi UFPR guiará frequentadores da UFPR na utilização dos edifícios. Arte sobre foto: Ana Carolina Costa/Energi-UFPR

Etiquetagem de eficiência energética desenvolvida pelo Energi UFPR guiará frequentadores da UFPR na utilização dos edifícios. Arte: Ana Carolina Costa/Energi-UFPR sobre ilustração Depositphotos

Os tipos de etiquetas aplicadas nos prédios da UFPR são a etiqueta Envoltória, que está relacionada diretamente com o projeto arquitetônico; a etiqueta de Iluminação, que leva em conta a quantidade de energia gasta para iluminar uma determinada área; a etiqueta do Condicionamento de ar, que indica a eficiência do sistema de condicionamento de ar para identificar se os pré-requisitos de isolamento de tubulações foram atendidos.

Também se desenvolvem Bonificações, que são sistemas “extras” presentes no edifício e que garantem uma maior eficiência energética, com análises complementares às etiquetagens da Envoltória, Iluminação e Condicionamento de ar. O conjunto destas etiquetas parciais resulta na Etiqueta Geral, que é o processo final de etiquetagem de uma edificação, união de todas as etiquetas obtidas em cada parte analisada da edificação.

Etiquetagem predial já começou pelo prédio do Departamento de Engenharia Elétrica da UFPR, em Curitiba. Fotos: André Filgueira e Samira Chami Neves/Sucom-UFPR

Ao identificar o consumo e as variáveis que nele interferem, o projeto Energi possibilita a UFPR a compreensão de ações necessárias para economizar energia, de modo prático e eficiente, sem perda de qualidade ou conforto. Conhecimento que dá consistência e segurança na implementação de soluções eficientes.

Sobre a campanha

Parte dos projetos de eficiência energética que reúnem UFPR, Copel, Aneel e Fundação de Apoio (Funpar), a campanha do Energi UFPR busca informar e conscientizar a comunidade acadêmica nos meses de novembro e dezembro. Por meio de notícias neste Portal da UFPR, de postagens nas redes sociais, do Informativo UFPR (via e-mail e celular) e do site próprio do projeto, serão disseminadas informações sobre o uso inteligente de energia, que deve guiar o cotidiano da universidade nos próximos anos.

A campanha busca esclarecer sobre as ações dos projetos, que englobam pesquisas, indicadores energéticos para análises do consumo de energia da universidade, mudanças na infraestrutura — tais como a troca de 56 mil lâmpadas e a entrada em funcionamento da maior usina solar fotovoltaica do Paraná –, e a adoção de práticas sustentáveis. A campanha é coordenada pela Comissão Interna de Conservação de Energia (Cice) da UFPR.

Os projetos de eficiência energética são resultado de editais da Copel e da Aneel que garantiram recursos para iniciativas de pesquisa e desenvolvimento, e demais projetos de eficiência energética na universidade. A estimativa é que a soma de esforços proporcione à UFPR economia de R$ 1,5 milhão por ano com energia.

Veja os temas abordados:

23/11: Lançamento da campanha
30/11: Usina solar
07/12: P&D e PEE
14/12: Etiquetagem
21/12: Iluminação

(Com informações do Energi UFPR)

Leia outras notícias sobre o Energi UFPR aqui

Acesse o site do Energi UFPR neste link

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]