ufpr_bcopng

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Endocrinologia do HC prorroga prazo pesquisa Osteoporose

Foto: Reprodução

Segundo um estudo epidemiológico realizado no Brasil, a osteoporose é uma doença que acomete 40% das mulheres na menopausa e a sua maior complicação é a fratura osteoporótica, ou seja, a fratura que ocorre sem trauma ou após um trauma mínimo. Em geral, a presença de uma fratura está relacionada com uma piora da qualidade de vida e com o aumento do risco de uma nova fratura.

O Serviço de Endocrinologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (Sempr) está recrutando participantes para uma pesquisa de uma nova medicação para osteoporose, que tem como característica aumentar a formação óssea e, com isso, ampliar a resistência do osso e reduzir o risco de fraturas osteoporóticas. A pesquisa terá 18 meses de duração. Poderão participar mulheres de 50 a 85 anos, com pelo menos cinco anos de pós-menopausa e osteoporose grave sem tratamento ou, então, com antecedentes de fraturas osteoporóticas.

Interessadas em participar e que atendam aos pré-requisitos acima devem entrar em contato pelo telefone (41) 9728-0367 ou 9728-0382, de segunda a sexta-feira, das 07h às 11h e das 14h às 18h, até o dia 31 de agosto, e falar com Amanda, Tayane ou Kelly. Após avaliação, as pacientes selecionadas serão incluídas no estudo, de acordo com a disponibilidade das vagas. Informações também podem ser obtidas pelo endereço de e-mail canaldoosso@terra.com.br.

Serviço:

O quê: Hospital de Clínicas da UFPR cadastra mulheres para pesquisa sobre osteoporose;

Data e horário de inscrição: de segunda a sexta-feira, até 31 de agosto, das 07h às 11h e das 14h às 18h;

Local: pelo telefone (41) 9728-0367 ou 9728-0382, com Amanda, Tayane ou Kelly.

Assessoria de Marketing Institucional do HC

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...