logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Editora UFPR lança obras em Filosofia, Literatura e Meio Ambiente

Detalhe da capa do livro "Processos de criação de unidades de conservação na floresta com araucárias"

Três novos títulos acabam de entrar para o catálogo da Editora UFPR. Tratando de temáticas filosóficas, linguísticas e ambientais, as obras podem ser adquiridas no site da editora (www.editora.ufpr.br) ou nas livrarias localizadas no campus Reitoria e no Centro Politécnico.

Confira abaixo os lançamentos:

Foucault: verdade e loucura no nascimento da arqueologia
Autor: Thiago Fortes Ribas
Com a clareza e a profundidade conceitual necessárias ao estudo de um dos filósofos mais importantes do século XX, este livro traz à tona o tema, atual e relevante, da relação entre verdade e loucura. Como nossa cultura chegou à verdade da loucura? Como a loucura enuncia a verdade do homem? Voltado a textos pouco estudados, como o primeiro livro publicado por Foucault, “Doença mental e personalidade”, ainda não traduzido para o português, sua leitura oferece uma contribuição para o estudo deste filósofo e para a compreensão do sentido de seu afastamento em relação ao humanismo.

 

O artista do exagero: A literatura de Thomas Bernhard
Autor: Matthias Konzett – Organizador e Tradução: Ruth Bohunovsky
A coletânea traz ensaios escritos por críticos reconhecidos que examinam os aspectos mais salientes da obra bernhardiana. Em quatro capítulos, os autores se debruçam sobre o amplo escopo e o impacto da obra de Bernhard, oferecendo um olhar sobre as estratégias literárias e os temas públicos que fizeram dele um dos mestres europeus da prosa e do drama modernos. Os ensaios examinam a complexa sensibilidade artística do autor, seu impacto na memória crítica da Áustria, sua relação com o legado da cultura judaica austríaca, seu valor representativo como principal produto de exportação literária do país, seu caráter cosmopolita e sua importância para uma paisagem multicultural europeia que está em constante mudança.

 

Processos de criação de unidades de conservação na floresta com araucárias: o caso do Parque Nacional dos Campos Gerais, ímpar na história da política ambiental brasileira
Autor: Emerson Antonio de Oliveira
Esta obra apresenta os fatos que nortearam a criação do Parque Nacional dos Campos Gerais e procura discutir as ações adotadas pelo Governo Federal para a proposição da citada Unidade de Conservação e das demais criadas de forma concomitante. Além disso, trata dos desdobramentos ocorridos por conta da proposta e a situação resultante, em especial no que se refere às dificuldades para a sua gestão e implementação. Espera-se, assim, contribuir para o registro de um episódio único da história da política ambiental nacional e auxiliar na busca de soluções para a efetiva implementação das novas Unidades de Conservação Federais da Floresta Ombrófila Mista do Brasil, em especial do Parque Nacional dos Campos Gerais.

 

Jéssica Maes (jornalista)

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...