ufpr_bcopng

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Documentos e imagens resgatados pelo professor Ulf Baranow remetem à memória dos 100 anos da UFPR

Professor Ulf Gregor Baranow - Foto: Izabel Liviski / Arquivo ACS

Falar da Universidade Federal do Paraná hoje é também pensar em sua memória, beirando oficialmente seu centenário, que será comemorado no próximo dia 19 de dezembro. Portanto, faltam poucos dias para esta grande festa, uma celebração não somente da comunidade universitária, mas de todos os paranaenses, de gerações passadas, da atual e das futuras gerações do Paraná e do Brasil.

Em 1993, quando o professor Ulf Gregor Baranow, da área de Ciência da Informação veio de Brasília (UnB) para Curitiba integrar a família da UFPR, faltavam 19 anos para que a instituição celebrasse seus 100 anos. Atuando então no curso de Biblioteconomia e Documentação, o professor começou a vislumbrar o resgate da memória da universidade com a perspectiva do seu centenário. Assim, Baranow empreendeu uma busca pela documentação manuscrita e impressa, além da iconografia da instituição que contariam esse percurso.

Documentação ─ “A área de documentação é bastante abrangente, seja visando o nível pessoal ou institucional de grandes organizações privadas ou públicas. No caso da UFPR, trata-se de uma entidade pública que necessita documentar suas atividades, planejamento e resultados”, explicou o professor. Então, segundo ele, com vistas à memória institucional, uma documentação organizada e acessível é de fundamental importância.

Resgate ─ Na época do seu retorno à UFPR, Baranow iniciou um trabalho de resgate com seus alunos: “a matéria prima desta pesquisa encontrava-se espalhada pelos vários setores da universidade. No início, a universidade contava com poucos cursos e era centralizada no Prédio Histórico. Hoje, ela ocupa vários pontos da cidade e até do estado. Isso tem consequências para a busca da documentação”, refletiu.

Passo a passo ─ Nessa busca, o primeiro passo foi levantar a bibliografia e verificar a localização dos acervos documentários ainda não organizados conforme os modernos princípios arquivísticos. A iniciativa teve boa receptividade entre os responsáveis pelos setores e departamentos. “Desde o início os alunos foram envolvidos de maneira efetiva nesse processo. Como resultado, surgiram inúmeros trabalhos de conclusão de curso, além de apresentações do tema em simpósios e eventos dentro e fora da UFPR, com várias premiações”, recordou Baranow. Esses trabalhos, de acordo com om professor, tinham um objetivo comum: o resgate histórico ─ documentário da UFPR, desde sua fundação em 1912 até os nossos dias.

Contribuição ─ Esta produção acadêmica ofereceu insumos para pesquisas sobre diversos aspectos tratados nas áreas de História, Estudos Sociais, Educação, Administração e outras. Para a comunidade universitária, alguns resultados foram divulgados na exposição sobre os 93 anos da UFPR em 2005, no Museu de Arte da UFPR (Musa) e, em 2007, no livro “Universidade Federal do Paraná ─ 95 anos de histórias e estórias”, organizado pelos professores Ulf  Baranow e Márcia Dalledone Siqueira (historiadora). Em função de toda essa caminhada visando resgate da memória da universidade, o professor Baranow integrou recentemente o Comitê Executivo dos 100 anos.

Reconhecimento ─ Agora, por ocasião do centenário, a Reitoria convidou os professores Márcia Dalledone e Baranow (como colaboradores) para editarem o livro comemorativo que conta e reconta a história da mais antiga universidade brasileira. “Fico feliz com esse reconhecimento, fruto de duas décadas de estudos e pesquisas como professor e também ex-aluno formado em 1960 pela UFPR, concluiu Baranow.

Sônia Loyola

Leia também:

Ex-reitor Carlos Faraco: centenário da UFPR remete à criação genial da sociedade paranaense
A Universidade dos Paranaenses está prestes a completar 100 anos
No centenário da UFPR a parceria com a Itaipu mostra muitos resultados
Centenário da UFPR: ex-reitor Carlos Antunes diz que a UFPR foi a maior invenção dos paranaenses
Presidente da Fecomércio elogia a UFPR como ex-aluno e parceiro
Prédio Histórico ganha uma nova iluminação no dia do centenário
Netos do engenheiro militar Baêta de Faria resgatam as memórias do avô nos 100 anos da UFPR

Sugestões

Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...
Rede Andifes oferta cursos gratuitos de idiomas para comunidade da UFPR
A Rede Andifes Idiomas Sem Fronteiras (IsF) promove uma oferta coletiva de cursos gratuitos de idiomas...