logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Comitiva de universidade norte-americana visita UFPR

O encontro contou com pró-reitores e diretores da UFPR e da Ohio State. Foto: Marcos Solivan

Na manhã desta segunda-feira, dia 15, uma comitiva com seis integrantes da Ohio State University (OSU) visitou a reitoria da Universidade Federal do Paraná. Recepcionados pelo professor Luiz Antonio Lucchesi, do setor de Ciências Agrárias, e pelo vice-reitor da UFPR, Rogério Mulinari, os norte-americanos se reuniram com membros de diversas áreas da comunidade acadêmica, incluindo a pró-reitora de extensão e cultura, Deise Picanço, e o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Edilson Sergio Silveira.

O encontro, que contou com a participação do vice-reitor para estratégias globais e assuntos internacionais da OSU, William Brustein, e do vice-reitor de pós-graduação da instituição, Patrick Osmer, faz parte do cronograma de atividades que consagra Curitiba e Columbus, capital de Ohio e sede da universidade, como cidades-irmãs. Também veio ao Brasil o prefeito de Columbus, Michael Coleman, que se reúne amanhã, dia 16, com o prefeito Gustavo Fruet.

As duas instituições já são parceiras há mais de 30 anos, sendo que o Paraná e Ohio, por várias semelhanças e acordos internacionais, são considerados estados-irmãos. Nesta ocasião, será firmada a terceira versão do convênio existente, que adiciona alguns ajustes legais, e a expansão dele. “Com o projeto Gateway Brazil da Ohio State, tudo que já acontecia terá um upgrade, ampliando a perceria para outras áreas do conhecimento”, explica Lucchesi, que cursou seu PhD na Ohio State. “Este encontro foi apoiado pelo reitor Zaki Akel Sobrinho e Michael Drake, presidente da OHS, capitalizando a relação histórica entre os dois estados e as duas cidades.”

Para Osmer, na prática, é necessário identificar aptidões, organizar workshops e eventos, reunir os fundos necessários e, por fim, realizar o intercâmbio entre os estudantes nestas novas áreas. “Queremos conectar pessoas e conectar campos de conhecimento”, afirma. Foram discutidos parcerias na área de tecnologia, engenharias, arquitetura, letras e ciência humanas. “Normalmente, nossos estudantes completam a gradução em casa, mas construir estas estruturas abre novas oportunidades”.

Mulinari acrescentou que também há um processo gradual de inclusão do inglês como uma das línguas principais nos programas de pós-graduação da UFPR. “Nós temos o desafio de conseguir criar um grupo para vencer este desafio”, disse.

O acordo municipal une duas cidades bastante semelhantes, emergentes e de grande importância para seus respectivos países. “Queremos unir não apenas os negócios e a arte, mas também fazer um intercâmbio de pessoas”, conta Brustein, que acredita na importância da união entre as universidades como forma de criar colaborações diversas para melhorar Ohio e o Paraná.

Por Jéssica Maes

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...