logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Com nota 99,6, UFPR se classifica para receber recursos do programa Mais Cultura nas Universidades

Na última sexta-feira, dia 10, o resultado do edital do programa Mais Cultura nas Universidades foi publicado no Diário Oficial da União. O projeto apresentado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) ficou em quinto lugar geral e em primeiro entre as instituições da região Sul, recebendo a nota 99,6 e R$ 1.049.677,86. O programa nasceu de uma parceria entre os ministérios da Educação (MEC) e da Cultura (MinC) e destinará, no total, R$ 20 milhões a 18 Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) de todo o país.

O objetivo desta ação é, segundo o próprio MinC, “apoiar e incentivar a valorização e a difusão das manifestações culturais entre as comunidades acadêmicas”. Para que os projetos fossem contemplados, era necessário que apresentassem algum vínculo com a região no qual seriam aplicados. “A gente construiu o nosso projeto a partir de ações que já existem na UFPR com comunidades do litoral [do estado], sempre trabalhando juntos para construir uma metodologia e avaliar o que nós já temos e o que podemos aprimorar”, diz a pró-reitora de Extensão e Cultura da Universidade, Deise Cristina de Lima Picanço. “É um trabalho com coerência institucional, coletivo e colaborativo, e por isso foi muito bem avaliado”.

O contemplado abordará três eixos principais: formação de professores e material didático, memória e intercâmbio. No primeiro, serão desenvolvidas atividades formativas junto a escolas municipais da região de comunidades litorâneas tradicionais do Paraná, como caiçaras, quilombolas, farinheiras, índios e pescadores. Já no segundo, será trabalhada a memória destas comunidades, analisando qual a relação simbólica que elas têm com esse território e o que é produzido culturalmente ali. Por fim, será proposto, ainda, um intercâmbio entre comunidades que tenham características semelhantes para que haja uma troca de saberes, experiências e também de memória.

“Isso tudo será trabalhado junto aos departamentos da Universidade e aos estudantes na perspectiva da formação de grupos de estudo e pesquisa”, afirma Deise, que acredita que destas vivências poderão surgir elementos também para gerar produção científica.

De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério da Cultura, o repasse das verbas do edital será efetuado em duas parcelas, sendo que a primeira está prevista para o segundo semestre deste ano e a segunda, para 2016.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...