Bienal de Curitiba ganha prêmio destaque ABCA

01 junho, 2012
15:12
Por
0
Extensão e Cultura

A Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba recebeu, na terça-feira (22), o Prêmio Destaque ABCA 2011 da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA). A solenidade de premiação foi no Teatro do Sesc da Vila Mariana, na cidade de São Paulo. O diretor geral da Bienal de Curitiba Luiz Ernesto Meyer Pereira, recebeu o prêmio representando a Comissão Organizadora da Bienal.

A ABCA premia anualmente os destaques entre críticos, artistas, pesquisadores, curadores, personalidades que apoiam as artes, exposições, publicações e instituições atuantes no cenário nacional. A Bienal de Curitiba foi indicada ao prêmio pela crítica de arte e curadora Adalice Maria de Araújo, autora do “Dicionário das Artes Plásticas no Paraná”, ex-diretora do MAC-PR e que durante 25 anos escreveu sobre artes visuais no jornal Gazeta do Povo.

A Bienal de Curitiba foi premiada pelas ações de sua 6ª edição, com o título “Além da Crise”, que ocorreu em Curitiba e contou com atividades nas cidades de Florianópolis (SC), Londrina (PR), Cascavel (PR), Belo Horizonte (MG), Macapá (AP), Fortaleza (CE) e Brasília (DF).

Presenciaram a solenidade os homenageados, a diretoria da ABCA, o Secretário de Estado da Cultura do Governo de São Paulo, diretores de museus, críticos de arte, jornalistas e personalidades da área cultural vindas de diversas regiões do país.

A 6ª Bienal de Curitiba foi realizada entre os dias 18 de setembro e 20 de novembro e reuniu obras de mais de 80 artistas de países dos cinco continentes. A programação geral da Bienal de Curitiba incluiu projeto educativo, palestras, mesas-redondas, cursos, oficinas, mostra de filmes, exposições, performances e interferências urbanas, ocupando 67 espaços da cidade da cidade.

Obras de importantes artistas participantes da Bienal de Curitba foram expostas no Museu de Arte da UFPR (Musa). Além disso, os artistas Sebastian Press e Patrick Hamilton realizaram palestras no auditório do Departamento de Artes da UFPR.

A curadoria geral da Bienal de Curitiba foi realizada por Alfons Hug e Ticio Escobar. Na cocuradoria, as responsáveis foram Adriana Almada e Paz Guevara. Participaram da Bienal de Curitiba como curadores convidados Alberto Saraiva, Artur Freitas, Eliane Prolik e Simone Landal. A curadoria do projeto educativo foi elaborada por Denise Bandeira e Sônia Tramujas.

A 6ª Bienal de Curitiba foi realizada pelo Instituto Paranaense de Arte em parceria com a Universidade Federal do Paraná, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e contou com o patrocínio da Eletrobras, BNDES, Tiisa, Instituto Votorantim, Petrobras, Volvo, Correios, Compagas ─ através do programa Conta Cultura da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Paraná, apoio da Fundação Cultural de Curitiba / Prefeitura Municipal de Curitiba e Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Paraná, APAP e AICA.

Com informações do Instituto Paranaense de Arte (Maiara Rocha)

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]