Política de cotas da UFPR tem avaliação positiva

18 junho, 2013
16:43
Por Priscila
0
Ensino e Educação

Abertura oficial do evento de Avaliação das Políticas Afirmativas na UFPR - Foto: Rodrigo Juste Duarte

“Os desafios enfrentados ao longo dos nove anos de implementação do Programa de Políticas Afirmativas na UFPR, como a evasão e a reprovação, precedem a adoção do sistema de cotas, de inclusão social. Este, portanto, não é um problema novo. É sim, uma questão que merece atenção especial como apoio psicopedagógico e tutorial.”

A afirmação é do vice-reitor Rogério Andrade Mulinari, proferida durante a abertura do evento Avaliação das Políticas Afirmativas da UFPR, aberto hoje (18), às 14 horas, na sala Homero de Barros, 1º andar do Edifício D. Pedro I. O evento, que prossegue até amanhã, quarta-feira (19), reúne especialistas, docentes e estudantes beneficiados pelo Programa, ou seja, negros, indígenas, e os com necessidades especiais.

Abertura oficial do evento de Avaliação das Políticas Afirmativas na UFPR - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Segundo a pró-reitora de Graduação, Maria Amélia Sabbag Zainko, “independentemente da forma de ingresso na UFPR, por cotas ou não, os alunos da Instituição têm direitos iguais, ou seja, formação acadêmica adequada, com qualidade”. Esses nove anos de vivência do Programa na Instituição são, ressalta Maria Amélia, significativos e “nos dá subsídios para uma ampla avaliação e para propor sugestões às pró-reitorias e Conselhos Superiores da UFPR, na tomada de decisões”.

Após a abertura do evento, promovido pela Prograd, deu-se início à mesa-redonda que teve como tema “O quadro Institucional Atual das Políticas Afirmativas das Ifes”. Para discutir o assunto, foram convidados o coordenador do Núcleo de Concursos da UFPR, professor Raul von der Heyde, o procurador federal da PFE/UFPR, Marcos Augusto Maliska e a professora Maria de Fátima Berado, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial de Londrina.

Na sequência, o coordenador do evento, professor Marcos Silva da Silveira, reuniu os grupos para participação nas oficinas indígena, negritude e de Libras. Durante todo o evento, profissionais do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Especiais (Napne), transmitiram na linguagem de libras as discussões realizadas.

Abertura oficial do evento de Avaliação das Políticas Afirmativas na UFPR - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Celsina Favorito

Fotos >>

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]