logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Aluna da UFPR ganha prêmio internacional por trabalho com alternativa para reduzir emissões de gases de efeito estufa

Priscila Simon recebe o certificado de melhor trabalho da pesquisadora Laura Cárdenas do Reino Unido.

A emissão de óxido nitroso (N2O) na atmosfera contribui significativamente para o aumento do efeito estufa. O Brasil possui um rebanho superior a 200 milhões de cabeças de gado, sendo o maior emissor de gás de efeito estufa na América Latina e Caribe, representando 43% das emissões deste gás via esterco e urina nesses continentes. Por isso, é fundamental buscar formas de reduzir esse problema. É o que está fazendo a pesquisadora Priscila Luzia Simon, aluna de mestrado em Ciência do Solo da Universidade Federal do Paraná. Ela acaba de receber o prêmio de melhor trabalho sobre esse tema na 1ª Conferência de Gases de Efeito Estufa em Sistemas Agropecuários da América Latina, realizado de 1 a 3 de outubro em Osorno, no Chile. O evento contou com a participação de 80 representantes de 15 países.

Evento em Osorno, Chile (foto divulgação)

O trabalho “Mitigação da Emissão de Óxido Nitroso de Dejeto Bovino em Pastagem Subtropical Utilizando Inibidor de Nitrificação” propõe o uso de um inibidor químico (dicianodiamida, ou DCD) do processo de nitrificação, que causa a emissão de gases. A pesquisa traz dados parciais da dissertação de mestrado que Priscila pretende defender em fevereiro de 2015, com orientação do professor Jeferson Dieckow.
Prisicila apresenta esses resultados na UFPR na terça-feira, dia 21, a partir das 15h30, no Seminário de Solos promovido pela pós-graduação em Ciência do Solos. O seminário é gratuito e aberto ao público e será na sala 3 do Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, Setor de Ciências Agrárias, na Rua dos Funcionários, s/n.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...