logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Administração da UFPR libera 30 milhões do CT-INFRA para investimentos

A Administração da Universidade Federal do Paraná resgatou na segunda-feira (13) a regularidade da Fundação da UFPR (Funpar) junto ao Cadin – Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal. A regularidade permitirá a Funpar liberar recursos do CT-Infra/finep (Fundo de Infraestrutura) destinados a UFPR, da ordem de R$ 30 milhões. Os recursos estavam bloqueados desde 2010 em razão de processos de prestação de contas dos anos de 2005 a 2007, declarados pelo Tribunal de Contas da União como irregulares. Desde então, a funpar estava impedida de receber recursos do fundo destinados a diversos projetos de pesquisa.

O CT-Infra foi criado para viabilizar a modernização e ampliação da infraestrutura e dos serviços de apoio à pesquisa desenvolvida em instituições públicas de ensino superior e de pesquisas brasileiras, como por exemplo, a criação e reforma de laboratórios e compra de equipamentos.

Segundo o reitor Zaki Akel Sobrinho, a inclusão da Funpar no Cadin pelo TCU, no ano de 2010, em razão de prestações de contas relativas aos anos anteriores tidas como irregulares, criou uma dificuldade imensa para a instituição pois muitos projetos deixaram de receber recursos necessários para sua alavancagem. “Chegamos a cifra absurda de R$ 30 milhões bloqueados, o que é muito dinheiro para uma instituição de ensino federal”, disse. Ao comentar sobre a obtenção da regularidade no TCU, o reitor deixou transparecer a satisfação pelo resultado alcançado: “passamos por uma verdadeira via crucis, foram centenas de informações e documentos fornecidos ao TCU, uma infinidade de audiências na sede do TCU em Curitiba e em Brasília, muito esforço e energia de toda a equipe da administração, em especial do próprio reitor, do vice-reitor, professor Rogério Mulinari, do então Superintendente da Funpar, professor Pedro Steiner e da Pró-Reitora de Planejamento, Orçamento e Gestão, professora Lucia Montanhini para finalmente obtermos a aprovação das contas de 2005 a 2007 e podermos finalmente recuperar estes recursos. Essa decisão é uma grande vitória para a UFPR e temos muito para comemorar. Começaremos 2012, o ano do centenário, investindo muito forte numa área que é diferencial para qualquer universidade de ponta: a pesquisa, e faremos isso com muita intensidade e qualidade, a altura dos nossos pesquisadores que estão entre os melhores do Brasil e do mundo em muitas áreas e há muito aguardavam este resultado.”

Segundo o Vice-Reitor, Rogério Mulinari, “a decisão do TCU favorável a Funpar é uma grande notícia para fechar 2011 com muita alegria. Alguns professores nossos não entendiam porque não conseguíamos utilizar os recursos do CT-Infra e nos cobravam uma solução imediata. Não foi simples e nem tão rápido quanto desejávamos mas agora recuperamos um volume de recursos muito expressivo e que rapidamente será aplicado e revertido em benefícios para a nossa comunidade.”

Na lista dos investimentos de maior relevância e impacto para a instituição estão a garantia da execução do segundo bloco do condomínio de laboratórios multiusuários, com espaços e equipamentos compartilhados por diferentes grupos de pesquisa e aquisição de equipamentos que viabilizam diversas pesquisas na UFPR.

ACS

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...