logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Ações do Festival de Inverno já iniciaram em Antonina

Reunião sobre o Festival de Inverno em Antonina
Reunião sobre o Festival de Inverno em Antonina
Desde o início do ano, a cidade de Antonina, no litoral do Paraná, já vive o clima do “Festival de Inverno da UFPR”. Com a proposta de agregar valores à comunidade, representantes da Coordenadoria de Cultura estiveram por duas vezes visitando a localidade. A primeira das visitas foi no início do mês de março e a segunda foi realizada na primeira semana de abril.

Para esta oportunidade estavam agendadas três reuniões em Antonina: uma na Secretaria Municipal da Educação, reunindo docentes do Ensino Fundamental. Os outros encontros reuniram, no Arquivo Municipal, docentes do Ensino Médio das escolas estaduais e representantes da comunidade e de órgãos administrativos. Representaram a UFPR na oportunidade, a pró-reitora de Extensão e Cultura, professora Deise Cristina de Lima Picanço; o coordenador de Cultura, professor Ronaldo de Oliveira Corrêa e a coordenadora de espetáculos, Patrícia Salles. O “25º Festival de Inverno da UFPR em Antonina” será realizado no período de 11 a 18 de julho.

Educação – Com relação ao segmento educacional, a presença da universidade tem o objetivo de continuar o processo formativo, iniciado em 2014, com os professores do ensino Fundamental e Médio. Nessa perspectiva, as oficinas formativas destinadas aos docentes têm a intenção de viabilizar melhoramentos nas várias áreas do ensino, partindo da Cultura e da Arte. Por meio deste eixo extensionista, a UFPR pretende estender as ações do festival para a realidade socioeconômica da população.

Propostas – As demandas educacionais das escolas são conteúdos importantes, levados em conta para a elaboração das atividades. A universidade também tem outras idéias: por exemplo, para este ano, propôs aos educadores as rodas de leitura e a “contação de histórias”. Por outro lado, os professores apontaram, como um dos tópicos a serem trabalhados com os alunos, o resgate da memória histórica de Antonina – município que recebeu o reconhecimento de Patrimônio Histórico e Paisagístico de interesse nacional. A atuação da UFPR junto aos professores das redes estadual e municipal é um processo que se prolonga até depois do festival.

Espetáculos – Já com a comunidade e os membros das secretarias municipais de Cultura e Turismo, uma das preocupações dos organizadores do evento se refere à oferta de parcerias, estas podem ser efetivadas com as apresentações dos artistas da cidade.

Mosaico – Em sua vigésima quinta edição, o evento forma num grande mosaico, onde pessoas comuns e atores se misturam trocando experiências; contando lendas e mostrando o melhor de tudo. Portanto, este tecido humano e social é o principal protagonista de um grande espetáculo de diálogo, cores, movimento e inteligência criativa, realizado todos os anos, neste “lugar” chamado festival.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...